O PENSAMENTO DE DANIÈLE KERGOAT E HEIDI HARTMANN SOBRE A RELAÇÃO PATRIARCADO- CAPITALISMO

  • ROBERTA MENEZES SOUSA

Resumo

Resumo: O presente artigo recupera o pensamento de Danièle Kergoat e Heidi Hartmann sobre a relação entre patriarcado e capitalismo. Pertencentes ao campo feminista marxista, vinculam-se à tese que defende o patriarcado como sistema específico e autônomo ao capitalismo, que ao se combinarem, remodelam as relações sociais de classe. No cenário de crise capitalista, a partir dos anos 2000, o debate sobre a relação patriarcado-capitalismo é retomado, em razão das consequências sobre a vida e trabalho das mulheres com a instauração da ortodoxia neoliberal e da reestruturação produtiva, no contexto de profundas modificações sofridas pelo capitalismo, a partir dos anos 1970.

Palavras-chave: Patriarcado; Capitalismo; Feminismo.

Publicado
2019-05-21
Seção
Comunicações orais - Serviço Social, Relações de Exploração/Opressão de Gênero, Raça/Etnia, Sexualidades