ESTADO, HEGEMONIA E CONSERVADORISMO NO BRASIL CONTEMPORÂNEO

  • ANA LOLE
  • INEZ STAMPA

Resumo

Resumo: Neste trabalho busca-se problematizar a desconstrução do Estado democrático de direito frente à onda conservadora que paira no Brasil contemporâneo. As pautas políticas fortemente conservadoras levam-nos a acreditar que, realmente, vivenciamos um estado de exceção, expresso mediante aprofundamento da ofensiva contra a classe trabalhadora e tende a se apresentar como o paradigma de governo dominante na política contemporânea. Nossa intenção é de examinar as contrarreformas que buscam solucionar os entraves à hegemonia do grande capital aniquilando as lutas sociais da classe trabalhadora, bem como as formas de reação desses grupos. Nossa análise será à luz da teoria política gramsciana.

Palavras-chave: Estado; Hegemonia; Conservadorismo; Contrarreforma. Luta de classes.

Publicado
2019-05-21
Seção
Comunicações orais - Trabalho, Questão Social e Serviço Social.