O TRABALHO DO ASSISTENTE SOCIAL E AS PRÁTICAS RESTAURATIVAS: DESAFIOS NA INTERVENÇÃO PROFISSIONAL JUNTO À SECRETARIA DE EDUCAÇÃO EM FORTALEZA – CEARÁ

  • MARIA DAS GRAÇAS RODRIGUES MENDES
  • LUCILEILA DE SOUSA CARDOSO ALMEIDA
  • ANA CRISTINA FARIAS GUEDES
  • MARIA CRISTIANE LOPES DA SILVA

Resumo

Resumo: Este artigo é uma pesquisa qualitativa sobre o trabalho do assistente social com as práticas restaurativas na Secretaria de Educação em Fortaleza. Estudamos conceitos de práticas restaurativas no ambiente escolar. Analisamos a implementação do trabalho do assistente social com as práticas restaurativas nas escolas e identificamos como desafios na intervenção profissional o fato de que o Serviço Social em sua função pedagógica, não respalda a lógica punitiva, mas a construção de valores e autonomia dos sujeitos e a necessidade de pesquisas sobre este espaço socio ocupacional objetivando a concretude do Projeto Ético Político profissional e a valorização do sujeito profissional.

Palavras-chave: Trabalho do assistente social; Práticas Restaurativas; Desafios com a intervenção profissional; Secretaria de Educação em Fortaleza.

Publicado
2019-05-21
Seção
Comunicações orais - Política Social e Serviço Social