O DIREITO À CONVIVÊNCIA FAMILIAR E COMUNITÁRIA DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES NO ABRIGO SANTA GIANNA BERETA MOLLA EM FORTALEZA-CEARÁ

  • JULIANA LUSTOSA JUCÁ
  • LAURIENE RODRIGUES MARREIRO MENDONÇA
  • GABRIELA MARTINS FARIAS
  • MARIA DAS GRAÇAS RODRIGUES MENDES
  • FRANCISCA SILVIA HELENA BARBOSA DUARTE

Resumo

Resumo: Este artigo analisa o direito à convivência familiar e comunitária de crianças e adolescentes no Abrigo Santa Gianna Bereta Molla, em Fortaleza-Ceará. A metodologia é qualitativa feita com pesquisas bibliográfica, documental e de campo. Como resultados identificamos que o acolhimento é organizado segundo a legislação; possui um trabalho com as famílias para reconstrução de vínculos, mas isso ainda não evoluiu conforme o Plano Nacional de Convivência Familiar e Comunitária. Existe a necessidade do trabalho intersetorial entre as políticas sociais, para fortalecer a reintegração familiar e o exercício da cidadania ativa das crianças e adolescentes acolhidos na unidade.

Palavras – chave: Crianças e Adolescentes; Convivência Familiar e Comunitária; Acolhimento Institucional.

Publicado
2019-05-21
Seção
Comunicações orais - Política Social e Serviço Social