A POLÍTICA DE SAÚDE NO RIO DE JANEIRO E A PRECARIZAÇÃO DAS RELAÇÕES DE TRABALHO: DESAFIOS CONTEMPORÂNEOS E PERSPECTIVAS HISTÓRICAS

Autores

  • MARCELO AUGUSTO DO NASCIMENTO MUNIZ

Resumo

Resumo: A presente pesquisa, em sua etapa inicial, representa um esforço analítico e reflexivo que se propõe a reconstruir a trajetória histórica da política de saúde no Rio de Janeiro, tendo como categoria analítica central o trabalho e suas diferentes formas de conformação na saúde, em uma conjuntura capitalista contraditória, de exploração da classe trabalhadora e expropriação de direitos sociais e trabalhistas. O intuito é identificar os rebatimentos das novas formas de gestão do trabalho sobre a capacidade de organização dos trabalhadores, na luta pela defesa de seus direitos, tendo como referência o Fórum de Saúde do Rio de Janeiro.

Palavras chave: Política de Saúde; Trabalho; Organização dos Trabalhadores.

Publicado

2019-05-21

Edição

Seção

Comunicações orais - Trabalho, Questão Social e Serviço Social.