A QUESTÃO DA JUVENTUDE NA SOCIEDADE BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA

  • MARIA EMILIA PASSAMANI

Resumo

Resumo: O presente artigo é parte de minha tese de doutorado “As Armadilhas da Municipalização das Medidas Socioeducativas em Meio Aberto: a experiência do Estado do Espírito Santo”. O objetivo deste estudo é refletir sobre a questão da juventude brasileira normalmente vista como possível ameaça à ordem pública. Entretanto, os jovens são as maiores vítimas da violência no país, que quase sempre emerge de um contexto social marcado pela pobreza e pela privação de direitos, que muito precocemente morrem no conflito com outros jovens, no enfrentamento com a polícia, pela ação de grupos de extermínio, ou em instituições de internamento.

Palavras-chave: juventude; violência; questão social; desigualdade social.

Publicado
2019-05-21
Seção
Comunicações orais - Classes Sociais, Geração e Serviço Social