EXPANSÃO IFETIANA NO BRASIL: COMPONENTES DO PROCESSO DE PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO DE ASSISTENTES SOCIAIS NOS INSTITUTOS FEDERAIS DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

  • LÍGIA DA NÓBREGA FERNANDES

Resumo

Resumo: O presente trabalho é parte da nossa tese doutoral e tem como objetivo apresentar componentes do processo de precarização do trabalho de assistentes sociais nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia-IFET´s no Brasil. O recorte do estudo considerou a realidade de 5 estados/regiões do país. O resultado demonstrou que a atual crise de reprodução do capital, a contrarreforma do Estado e as transformações do “mundo” do trabalho reverberam no exercício profissional impondo determinantes que paulatinamente vem incidindo no cotidiano de trabalho e no processo de precarização do trabalho dos/das assistentes sociais no interior da educação profissional e tecnológica brasileira.

Palavras-chave: Crise do capital; Expansão ifetiana; Precarização do trabalho de assistentes sociais

Publicado
2019-05-21
Seção
Comunicações orais - Serviço Social, Fundamentos, Formação e Trabalho Profissional