A NATURALIZAÇÃO DA VIOLÊNCIA DE GÊNERO NA CONTEMPORANEIDADE

  • CRISTIANE FERREIRA DA SILVA SANTOS
  • MARIA JULIANA EMILIANO ANDRADE

Resumo

Resumo: A construção desse artigo visou abordar a temática da violência contra mulher enquanto algo naturalizado culturalmente a partir das diferenças de sexo e dos papéis que historicamente foram determinados á mulher, colocando-a em inferioridade desde a história primitiva no que se refere ao sexo masculino, propiciando assim, uma desigualdade que permeia as relações sociais e interpessoais, justificadas como algo que sempre esteve posto na sociedade. Essa desigualdade de gênero resulta na constante luta das mulheres por conquistas de direitos, equidade entre os sexos e a desconstrução da sociedade patriarcal.

Palavras-chave: Mulher; violência; desigualdade; gênero; desconstrução.

Publicado
2019-05-21
Seção
Comunicações orais - Serviço Social, Relações de Exploração/Opressão de Gênero, Raça/Etnia, Sexualidades