A AUTONOMIA RELATIVA DO TRABALHO DO ASSISTENTE SOCIAL: SUBSÍDIOS PARA UMA ANÁLISE ACERCA DA INSERÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL NA PRISÃO

Autores

  • SHIRLENY DE SOUZA OLIVEIRA

Resumo

Resumo: O presente trabalho consiste em pesquisa de doutorado em andamento, cujo objetivo consiste em suscitar algumas reflexões acerca dos impasses apresentados ao trabalho do assistente social em instituições prisionais. A proposta justifica-se pela emergência de se discutir a atuação da profissão no espaço prisional, âmbito de constantes violações de direitos, contextualizando a categoria da autonomia relativa sinalizada por Marilda Iamamoto.

Palavras-chave: Serviço Social; Autonomia Relativa; Prisão

Publicado

2019-05-21

Edição

Seção

Comunicações orais - Serviço Social, Fundamentos, Formação e Trabalho Profissional