CONSTRUINDO HISTÓRIAS COM ADOLESCENTES METODOLOGIAS PARTICIPATIVAS NA DESCONSTRUÇÃO DO MACHISMO

  • PAULA MARTINS SIRELLI
  • DANIEL FRANCISCO DE SOUZA SANTOS
  • TARCÍSIO CONCEIÇÃO OLIVEIRA
  • LÍVIA TORRES PINHEIRO
  • VICTORIA DE PALMA NENO ROSA

Resumo

Resumo:  As relações sociais no capitalismo se pautam em exploração e opressão. As formas de se relacionar entre homens e mulheres reproduzem opressões e desigualdades que tem base econômica, política e cultural, mas perpetuadas e naturalizadas. Este artigo reflete sobre as possibilidades de questionamento do patriarcado e de construção de relações diversas das que são estabelecidas e reproduzidas no contexto familiar e social em que vivem os adolescentes. A partir de uma experiência extensionista com grupos de adolescentes em uma escola pública refletimos sobre a necessidade de desconstrução do machismo a partir da utilização de metodologias participativas.

Palavras-chave: adolescência; patriarcado; metodologias participativas.

Publicado
2019-05-21
Seção
Comunicações orais - Classes Sociais, Geração e Serviço Social