O GERENCIALISMO COMO FORMA DE GESTÃO NO JUDICIÁRIO

Autores

  • VINICIUS CORREIA SANTOS

Resumo

Resumo: O artigo é um estudo sobre a gestão no judiciário, com objetivo de ilustrar as transformações societárias com os impactos sobre a administração pública e analisar a entrada do gerencialismo através da “modernização” e como funcionam seus dispositivos gestionários. Para discutir a conjuntura, foi utilizada uma análise bibliográfica, hemerográfica, estatística e documental; além de entrevista semi-estruturadas com 8 profissionais de uma equipe de saúde. Conclui-se que o gerencialismo capta a subjetividade através da metalinguagem e gratificações, do mesmo modo que contribui para desvalorização simbólica e ascensão do individualismo. Assim, as novas formas de gestão e controle do trabalho causam sofrimento.

Palavras-chave: Judiciário; Gerencialismo; Trabalho; Subjetividade; Brasil.

Publicado

2019-05-21

Edição

Seção

Comunicações orais - Movimentos Sociais e Serviço Social