O SIGNIFICADO SOCIAL DOS USOS DE DROGAS NO BRASIL: DESAFIOS PARA O TRABALHO DO SERVIÇO SOCIAL

Autores

  • RITA DE CÁSSIA CAVALCANTE LIMA

Resumo

Resumo: Esse texto recupera o significado social dos usos de drogas no Serviço Social. No cenário recente, a partir de 2010, a “epidemia do crack” atualizou o higienismo presente na sociedade e na profissão, atualizando práticas punitivas no âmbito das políticas sociais públicas regressivas e na onda reacionária que rebate no Serviço Social. O caráter alternativo das escolhas de valor postas aos assistentes sociais desafia a direção social da profissão, sobretudo, quando analisamos a institucionalização das comunidades terapêuticas religiosas e a afirmação dos direitos aos indivíduos participantes dos mercados das drogas – usuários e trabalhadores do tráfico.

Palavras-chave: Serviço Social; higienismo; proibicionismo às drogas; valores; comunidades terapêuticas

Publicado

2019-05-21

Edição

Seção

Comunicações orais - Trabalho, Questão Social e Serviço Social.