DAS AÇÕES ASSISTENCIAIS À POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL: A PERMANÊNCIA ESTUDANTIL NA REDE FEDERAL DE ENSINO BRASILEIRA: UM ESTUDO DE CASO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

Autores

  • RITA DE CÁSSIA CRISTINO MARCOS RISSI

Resumo

O presente trabalho é uma tentativa de aprofundar a pesquisa desenvolvida na dissertação de mestrado. Busco compreender a relação entre a política de assistência estudantil com a política pública de assistência social brasileira. Falar sobre a política de assistência estudantil, sua área de cobertura e sua finalidade, produzirá uma relação de aproximação e complementariedade com as demais políticas sociais públicas e, não uma relação de substituição ao que cabe as demais políticas setoriais. Conhecer os limites e fragilidades das políticas sociais contribui para a defesa do direito social e da sua efetivação através de políticas sociais públicas e gratuitas.

Publicado

2020-02-06

Edição

Seção

Comunicações orais - Política Social e Serviço Social