O CONTROLE DO CAPITAL SOBRE O TRABALHO SOB OS NOVOS PARADIGMAS DO REGIME DE ACUMULAÇÃO FLEXÍVEL: QUESTÕES PARA O DEBATE NO SERVIÇO SOCIAL

Autores

  • JAMILLY ALEXSANDRA DA SILVA
  • JAQUELINE LIRA DA SILVA

Resumo

Este artigo é resultante das reflexões empreendidas no Programa de Bolsas de Iniciação Científica, ciclo 2016-2018, na Universidade Federal de Alagoas, sobre o processo de flexibilização e precarização estrutural das relações de trabalho no Brasil, sob prisma da terceirização e informalização. Destacamos a imprescindibilidade da temática para o Serviço Social neste momento em que acirram-se a ofensiva do capital sobre os direitos sociais, é necessário, portanto, entender as transformações societárias, para que assim seja possível estabelecer estratégias profissionais adequadas para responder aos problemas emergentes da classe trabalhadora.

Publicado

2020-02-07

Edição

Seção

Comunicações orais - Trabalho, Questão Social e Serviço Social.