SEGURIDADE SOCIAL NO BRASIL: OS (DES) CAMINHOS DA PRIVATIZAÇÃO

Autores

  • THAIS SOARES CARAMURU

Resumo

A seguridade social é um dos espaços em que a luta de classes se manifesta no Brasil. Orientado pela perspectiva marxista, este artigo teve como objetivo geral promover uma breve análise da trajetória do sistema de seguridade social, desde a Constituição de 1988 e, especificamente, buscou destacar que a sua (não) operacionalização foi permeada pela proliferação de agentes privados na oferta de benefícos e serviços públicos. A análise demonstrou que estão em confronto duas orientações de seguridade: aquela concebida em 1988, relativamente ampla e pública, e aquela na qual predominam os agentes privados.

Publicado

2020-02-07

Edição

Seção

Comunicações orais - Política Social e Serviço Social