AFETOS E POTÊNCIAS QUE EMERGEM DO TRABALHO COLETIVO NO COTIDIANO ESCOLAR

  • Hociene Nobre Pereira Werneck
  • Sandra Kretli da Silva

Resumo

Esta pesquisa, objetiva evidenciar os afetos e potências que emergem do trabalho coletivo no cotidiano escolar e problematizar o significado dessas “articulações/interações” para a formação docente. Utilizaremos nesse estudo a pesquisa qualitativa de inspiração cartográfica, pois esse caminho metodológico defende a manutenção de um posicionamento flexível e de um pensamento aberto frente a tudo aquilo que possa vir a emergir no contexto de problematização no qual se situa o objeto em estudo. Entendemos ser este o método mais adequado para alcançar os objetivos propostos na presente pesquisa, pois o nosso objeto de estudo se refere à realidade que está em constante transformação e movimento, uma realidade composta por diferentes narrativas, contextos e linhas de força a serem consideradas em sua complexidade e singularidade.

Edição
Seção
Eixo 1 - Políticas, Curriculos e Práticas