NAÇÃO, NACIONALISMO E SISTEMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO

  • Rosenery Pimentel do Nascimento Nascimento
  • Simone Lopes Smiderle Alves
  • Lilian Marques Freguete
  • Lorrainy Ferrari

Resumo

Este trabalho constitui um recorte da pesquisa em andamento e integra os estudos desenvolvidos pelo Grupo de Pesquisa “Federalismo e Políticas Educacionais[1]” o objetivo desta produção foi ampliar o debate conceitual com relação à definição do Sistema Nacional de Educação (SNE) no Brasil. As análises pretendem compreender os sentidos produzidos na complexa dinâmica federativa, tendo como base interpretativa a sociologia compreensiva de Max Weber, que nos mobiliza a organização de conceitos, relações e formas de interpretar o objeto em estudo a partir da ação social, mobilizando os sentidos e as concepções entre a questão nacional e o nacionalismo para a definição do SNE e os dos diferentes campos em disputa no contexto federativo. Conforme Nascimento (2012), a definição do SNE não configura uma definição simples, o que revela o necessário aprofundamento dos sentidos que estão sendo produzidos à definição de um projeto nacional de educação.

Edição
Seção
Eixo 2 - Políticas de financiamento e relações intergovernamentais