Fundamentos do ensino de sociologia católica em uma escola normalista pública em 1935

  • Cristiano Bodart Universidade Estadual de São Paulo (USP)
  • Cassiane da C. Ramos Marchiori Faculdade Novo Milênio

Resumo

Discute-se nesse artigo a influência da carta Encíclica Rerum Novarum, do Papa Leão XIII, de 1891, sobre a configuração do ensino de Sociologia em uma escola pública normalista da década de 1930. Tal discussão corrobora no sentido de compreender as configurações do ensino de Sociologia nesse período em que a disciplina era obrigatória nesse nível educacional, mais especificadamente analisar os fundamentos da Sociologia Católica. Para tal empreitada, foram analisados os conteúdos de provas voltadas a essa modalidade de ensino, datadas do ano de 1935, e aplicadas na Escola Normal Municipal de Alegre, localizada no interior do Espírito Santo. Identificou-se que a Sociologia Católica, ainda que se afirmasse possuidora de cientificidade, tinha seus fundamentos baseados nas concepções católicas, pincipalmente na carta Encíclica Rerum Novarum, do Papa Leão XIII. Notou-se uma preocupação em levar para a esfera educacional questões que eram fundamentais para a Igreja Católica da época, frente à secularização e ao modernismo, tais como a noção monogâmica de casamento e o papel submisso da mulher ao marido, assim como fazer frente ao latifúndio improdutivo, denunciados na Rerum Novarum.

Referências

BATISTA, Carolina de Almeida. O ambíguo da Rerum Novarum. Anais do X Simpósio da Associação Brasileira de História da Religião, UNESP, 2008. Disponível em:< http://www.abhr.org.br/wp-content/uploads/2008/12/batista-carolina.pdf>. Acesso em: 02 nov. 2015.

CIGALES, Marcelo Pinheiro. O Ensino da Sociologia no Brasil: Perspectiva de análise a partir da História das Disciplinas Escolares. Revista Café com Sociologia. vol. 3, nº 1. Jan. de 2014b. Disponível em: < http://revistacafecomsociologia.com/revista/index.php/revista/article/view/100> . Acesso em: dez. 2015.

CIGALES, Marcelo Pinheiro. Raymond Murray e a Sociologia Católica no Brasil: notas sobre um manual da década de 1940. Revista Café com Sociologia. Vol. 4, nº 3, dez. 2015. Disponível em: < http://revistacafecomsociologia.com/revista/index.php/revista/article/view/595> . Acesso em: dez. 2015.

CIGALES, Marcelo Pinheiro. A Sociologia e a Igreja Católica no Brasil: análise sobre os manuais escolares (1920-1960). Projeto de doutoramento apresentado ao programa de doutoramento em Sociologia e Política da Universidade Federal de Santa Catarina, 2014c. Mimeo.

CIGALES, Marcelo Pinheiro. A sociologia educacional no Brasil (1946-1971): Análise sobre uma instituição de ensino católica. 2014. 150f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-graduação em Educação, Instituto de Ciências Humanas, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2014a.

DAROS, Maria das Dores; PEREIRA, Elaine Aparecida Teixeira. A sociologia cristã e o pensamento de Alceu Amoroso Lima em um colégio católico de formação de professoras em Santa Catarina. Revista Brasileira de História da Educação, Maringá-PR, v. 15, n. 1 (37), p. 235-267, jan./abr. 2015. Disponível em: < http://www.rbhe.sbhe.org.br/index.php/rbhe/article/view/634>. Acesso em: dez. 2015.

DIÁRIO DA MANHÃ. Formatura da turma normalista da Escola Normal Municipal de Alegre. 20 de novembro de 1933.

DIÁRIO DA MANHÃ. Pedido da Escola Normal Municipal de Alegre de equiparação oficial ao Colégio Pedro II. 12 de nov. 1933.

GIGLIO, Adriano. A sociologia na Escola Secundária: uma questão das Ciências no Brasil – anos 40 e 50. Dissertação de mestrado. Rio de Janeiro, IUPERJ, 1999.

LIEDKE FILHO, Enno D. A Sociologia no Brasil: história, teorias e desafios. Sociologias, Porto Alegre, ano 7, nº 14, jul/dez, p. 376-437, 2005. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/soc/n14/a14n14>. Acesso em: dez. 2015.

MEUCCI, Simone. Os primeiros manuais didáticos de sociologia no Brasil. Estudos de Sociologia. São Paulo. v. 6, n. 10, p. 121-157, 2001. Disponível em:< http://seer.fclar.unesp.br/estudos/article/view/184>. Acesso em 15 dez. 2015.

MEUCCI, Simone. Institucionalização da sociologia no Brasil: primeiros manuais e cursos. São Paulo: Hucitec: Fapesp, 2011.

MORAES, Amaury. Ensino de Sociologia: periodização e campanha pela obrigatoriedade. Cadernos Cedes, Campinas, vol. 31, n. 85, p. 359-382, set.-dez. 2011. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/ccedes/v31n85/04v31n85.pdf> Acesso em: dez. 2015.

PAPA LEÃO XIII. Encíclica Rerum Novarum. 1891.

RÊSES, Erlando da Silva. ...E com a palavra: os alunos. Estudo das representações sociais dos alunos da rede pública do Distrito Federal sobre a sociologia no ensino médio. Dissertação de Mestrado. Brasília, UnB, (março) 2004.

SILVA, Ileizi Luciana Fiorelli. O Ensino das Ciências Sociais/Sociologia no Brasil: histórico e perspectivas. In: MORAES, Amaury César (org.). Sociologia: ensino médio. Coleção Explorando o Ensino, v. 15. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2010.

TERRA, Dom João Evangelista Martins. A Rerum Novarum dentro de seu contexto sociocultural. Síntese Revista de Filosofia, v. 18, nº 54, 1991. p. 347-366. Disponível em:< http://faje.edu.br/periodicos2/index.php/Sintese/article/view/1581>. Acesso em 10 nov. 2015.

VILLAS BÔAS, Gláucia (Org). A importância de dizer não e outros ensaios sobre a recepção da Sociologia em escolas cariocas, Série Iniciação Científica, n. 8, 1998, pesquisa desenvolvida como parte das atividades do Núcleo de Pesquisas de Sociologia da Cultura (UFRJ).

SERRY, Hervé. Saint Thomas Sociologue? Les enjeux cléricaux d'una sociologie catholique dans les années 1880-1920. Actes de la Recherche en Sciences Sociales. nº 152, 2004. p. 28-40.

Publicado
2016-07-23