Fundamentos do ensino de sociologia católica em uma escola normalista pública em 1935

Cristiano Bodart, Cassiane da C. Ramos Marchiori

Resumo


Discute-se nesse artigo a influência da carta Encíclica Rerum Novarum, do Papa Leão XIII, de 1891, sobre a configuração do ensino de Sociologia em uma escola pública normalista da década de 1930. Tal discussão corrobora no sentido de compreender as configurações do ensino de Sociologia nesse período em que a disciplina era obrigatória nesse nível educacional, mais especificadamente analisar os fundamentos da Sociologia Católica. Para tal empreitada, foram analisados os conteúdos de provas voltadas a essa modalidade de ensino, datadas do ano de 1935, e aplicadas na Escola Normal Municipal de Alegre, localizada no interior do Espírito Santo. Identificou-se que a Sociologia Católica, ainda que se afirmasse possuidora de cientificidade, tinha seus fundamentos baseados nas concepções católicas, pincipalmente na carta Encíclica Rerum Novarum, do Papa Leão XIII. Notou-se uma preocupação em levar para a esfera educacional questões que eram fundamentais para a Igreja Católica da época, frente à secularização e ao modernismo, tais como a noção monogâmica de casamento e o papel submisso da mulher ao marido, assim como fazer frente ao latifúndio improdutivo, denunciados na Rerum Novarum.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24305/cadecs.v3i2.13653

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 INDEXADORES:

          

                 

 

Cadecs: Caderno Eletrônico de Ciências Sociais

e-ISSN: 2318-6933

Licença Creative Commons
Esta publicação está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.