A diluição das fronteiras disciplinares no Centro Brasileiro de Pesquisas Educacionais: um diálogo entre educação e ciências sociais nos anos 1950 e 1960

  • Fernando Gouvêa Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

Resumo

O artigo objetiva a análise das interlocuções ocorridas entre historiadores, educadores, antropólogos e sociólogos no âmbito do Centro Brasileiro de Pesquisas Educacionais (CBPE) durante os anos de 1955 a 1964. O CBPE possuiu duas divisões que possibilitaram este espaço de diálogo: a Divisão de Estudos e Pesquisas Educacionais e a Divisão de Estudos e Pesquisas Sociais. Torna-se central o estudo das publicações resultantes das pesquisas multidisciplinares realizadas pela instituição, haja vista serem fruto dos debates e embates que possibilitaram de maneira inédita a diluição de fronteiras entre educadores, historiadores e demais intelectuais do campo das Ciências Humanas e Sociais.

Referências

ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS – Biografia de Américo Jacobina Lacombe. Disponível em:

www.academia.org.br/abl/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=122&sid=215. Acesso em: 18 mar. 2012.

ALBERSHEIM, Úrsula. Uma comunidade teuto-brasileira. Rio de Janeiro: MEC/INEP/CBPE, 1962.

BENEVIDES, Maria Victoria de Mesquita. O governo Kubitschek: desenvolvimento econômico e estabilidade política – 1956-1961. 2.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

BIBLIOTECA NACIONAL. Biografia de Luís Henrique Dias Tavares. Revista de História. Disponível em: www.revistadehistoria.com.br/secao/entrevista/luis-henrique-dias-tavares. Acesso em: 18 mai. 2012.

BOTELHO, André; BASTOS, Elide Rugai; BÔAS, Glaucia Villas (orgs.). O moderno em questão: a década de 1950 no Brasil. Rio de Janeiro: Topbooks Editora, 2008.

BRASIL. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. Decreto n. 47.251, de 17 de novembro de 1959. Dispõe sôbre as campanhas extraordinárias de educação no Ministério da Educação e Cultura e dá outras providências. Diário Oficial da União de 17 de novembro de 1959. Disponível em www.planalto.gov.br. Acesso em 20 jun. 2012.

BRASIL. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. Decreto n. 38.460, de 28 de dezembro de 1955. Institui o Centro Brasileiro de Pesquisas Educacionais e Centros Regionais no âmbito do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, do Ministério da Educação e Cultura. Diário Oficial da União de 29 de dezembro de 1955. Disponível em www.planalto.gov.br. Acesso em 26 jun. 2012.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA. CENTRO BRASILEIRO DE PESQUISAS EDUCACIONAIS (INEP/MEC). Educação e Ciências Sociais, 1956 a 1962.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA. CENTRO BRASILEIRO DE PESQUISAS EDUCACIONAIS (INEP/MEC). Boletim Mensal do Centro Brasileiro de Pesquisas Educacionais, 1955 a 1964.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA. CENTRO BRASILEIRO DE PESQUISAS EDUCACIONAIS (INEP/MEC). Plano de organização do Centro Brasileiro de Pesquisas Educacionais. Educação e Ciências Sociais, Rio de Janeiro (DF): CBPE; Rio de Janeiro, vol. 1, n. 1, p. 49-60, 1956.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA. CENTRO BRASILEIRO DE PESQUISAS EDUCACIONAIS (INEP/MEC). Os estudos e as pesquisas educacionais no Ministério da Educação e Cultura. Educação e Ciências Sociais, Rio de Janeiro (DF): CBPE; Rio de Janeiro, vol. 1, n. 1, p. 28, 1956.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA. CENTRO BRASILEIRO DE PESQUISAS EDUCACIONAIS (INEP/MEC). Orientação do Programa do CBPE para 1956 e 1957. Educação e Ciências Sociais. Rio de Janeiro: MEC/INEP/CBPE, vol. I, n. 3, dez. p. 5, 1956.

BRASIL. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. Decreto n. 30.286, de 19 de dezembro de 1951. Dilata o prazo dado à Comissão no Decreto n. 29.741, de 11 de julho de 1951 para promover a Campanha Nacional de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Lex- Coletânea de Legislação: edição federal, p. 395, 1951. Disponível em www.planalto.gov.br. Acesso em 19 jun. 2012.

BRITTO, Jaider Medeiros. Verbete sobre Jayme Abreu. In: FÁVERO, Maria de Lourdes de Albuquerque; BRITTO, Jaider Medeiros (orgs.). Dicionário de Educadores no Brasil. Rio de Janeiro: Editora UFRJ/MEC-INEP, 1999.

CAVALCANTI, Maria Laura Viveiros de Castro. Oracy Nogueira: esboço de uma trajetória intelectual. História, Ciências, Saúde-Manguinhos. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, vol. 2, n. 2, jan.jul./out, 1995.

CUNHA, Marcos Vinícius da. A educação no período Kubitschek: os centros de pesquisas do INEP. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, vol. 72, n. 171, p. 175-196, mai./ago., 1991.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: Artes de fazer. 10ª ed. Petrópolis: Vozes, 2004.

CENTRO DE PESQUISA E DOCUMENTAÇÃO DE HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA DO BRASIL (CPDOC) – Fundação Getúlio Vargas. Biografia de Nelson Werneck Sodré. Disponível em:

www.cpdoc.fgv.br/producao/dossies/AEraVargas2/biografias/nelson_werneck_sodre Acesso em: 23 mai. 2012.

ELIAS, Norbert. A sociedade dos indivíduos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.

FERREIRA, Jorge; DELGADO, Lucília de Almeida Neves (orgs.). O tempo da experiência democrática: da democratização de 1945 ao golpe civil-militar de 1964. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

FERREIRA, Márcia dos Santos. O Centro Regional de Pesquisas Educacionais de São Paulo (1956/1961). 2001. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-graduação em Educação, Universidade de São Paulo. 2001.

FREITAS, Marcos Cezar de. A pesquisa educacional como questão intelectual na história da educação brasileira. In: FREITAS, Marcos Cezar de (org.). Memória intelectual da educação brasileira. Bragança Paulista: EDUSF, p. 65-84, 1999.

GOUVÊA. Fernando. O estudo do Boletim Informativo da CAPES: contribuições para a historiografia da Educação Superior no Brasil nos anos 1950-1960. Cadernos de História da Educação. Uberlândia: Universidade Federal de Uberlândia, v. 11, n. 1, p. 145-164, jan./jun, 2012.

GOUVÊA. Fernando. A institucionalização da pós-graduação no Brasil; o primeiro decênio da CAPES (1951-1961). Revista Brasileira de Pós-Graduação. Brasília: Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, v. 9, n. 17, p. 373-397, jul., 2012a.

GOUVÊA. Fernando. O primeiro decênio da CAPES: uma Campanha Extraordinária (1951-1960). Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, v. 91, n. 229, p. 528-542, set. /dez. 2010.

GOUVÊA. Fernando. Tudo de novo no front: o impresso como estratégia de legitimação do Centro Brasileiro de Pesquisas Educacionais (1952-1964). 2008. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-graduação em Educação, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. 2008.

GOUVÊA, Fernando; LEITE FILHO, Aristeo e SANTOS, Pablo S. M. Bispo. Quando os documentos falam...ouve-se até o silêncio: entre relatórios, decretos e manuscritos, a gestão de Anísio Teixeira no INEP/CBPE (1952-1964). In: MENDONÇA, A.W.P. Campos; XAVIER, Libânia Nacif (orgs.). Por uma política de formação do magistério nacional: o INEP/MEC dos anos 1950/1960. Brasília: INEP, 2008.

HENRIQUES, Vera Maria. A reconstrução de uma parceria: educadores e cientistas sociais. In: MENDONÇA, Ana W. P. Campos; BRANDÃO, Zaia (orgs.). Por que não lemos Anísio Teixeira? Uma tradição esquecida. Rio de Janeiro: Ravil, 1997.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Biografia de Carlos Delgado de Carvalho. Disponível em: www.ibge.gov.br/eventos/seminario_geografia_geopolitica/objetivo.php Acesso em: 18 jun. 2012.

LAMBERT, Jacques. Os dois brasis. Rio de Janeiro: MEC/INEP/CBPE, 1959.

LUGLI, Rosário S. Genta. O trabalho docente no Brasil: o discurso dos Centros Regionais de Pesquisa Educacional e das entidades representativas do magistério (1950-1971). Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-graduação em Educação, Universidade de São Paulo. 2002.

MARIANI, Maria Clara. Educação e Ciências Sociais: o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. In: SCHWARTZMAN, Simon (org.). Universidade e instituições científicas no Rio de Janeiro. Brasília: CNPq, 1982.

MENDONÇA, Ana Waleska Pollo Campos. Pragmatismo e desenvolvimentismo no pensamento educacional brasileiro (1950-60). Revista Brasileira de Educação, v. 11, p. 96-113, jan. /abr., 2006.

SILVA, Graziela Moraes Dias da. Sociologia da Sociologia da Educação: caminhos e desafios de uma policy science no Brasil (1920-1979). Bragança Paulista: EDUSF, 2002.

SIRINELLI, Jean-François. Os intelectuais. In: REMOND, Réne (org.). Por uma história política. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2003.

VIDAL, Diana Gonçalves (org.). Na batalha da educação: correspondência entre Anísio Teixeira e Fernando de Azevedo (1929-1971). Bragança Paulista: EDUSF, 2000.

XAVIER, Libânia Nacif. Espaço Anísio Teixeira: referência para a pesquisa educacional no Brasil. Rio de Janeiro: PROEDES, 2004.

XAVIER, Libânia Nacif. O Brasil como laboratório: Educação e Ciências Sociais no Projeto do Centro Brasileiro de Pesquisas Educacionais - CBPE/INEP/MEC (1950-1960). Tese (Doutorado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. 1999.

XAVIER, Libânia Nacif. A pesquisa do CBPE em revista. In: MENDONÇA, Ana W. P. Campos; BRANDÃO, Zaia (orgs.). Por que não lemos Anísio Teixeira? Uma tradição esquecida. Rio de Janeiro: Ravil, 1997.

Publicado
2016-07-23