A gratidão de grupos refugiados, em meio à estética do videoclipe - uma leitura de “Somos Um"

  • Andressa Zoi Nathanailidis Universidade de Vila Velha (UVV)

Resumo

O presente artigo tem como finalidade propor uma leitura de base intersemiótica acerca do videoclipe “Somos Um” (We are One), de autoria do rapper Uchen Henry, refugiado nigeriano, radicado em São Paulo. A pesquisa apresenta, também uma revisão bibliográfica que intenta contextualizar a problemática do refúgio em âmbito global, bem como situar o papel dialógico exercido pelo videoclipe, enquanto gênero discursivo da estética contemporânea, aplicado às vivências sociais. A investigação parte dos preceitos estabelecidos por Mikhail Bakhtin (1997; 2000; 2006); Plaza (2013); dentre outros.

Referências

ARAÚJO, Nadia de; ALMEIDA, Guilherme Assis de. (coords.). 2001. O Direito Internacional dos Refugiados: uma perspectiva brasileira. Rio de Janeiro: Renovar.

ACNUR. 2015. Global Trends 2015. Disponível em: < http://www.unhcr.org/576408cd7.> Acesso em 15/03/2018.

BAKHTIN, Mikhail. 2000. Estética da Criação Verbal. Trad. Maria Ermantina Galvão. São Paulo: Martins Fontes.

BAKHTIN, Mikhail. 2006. Marxismo e Filosofia da Linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. São Paulo: Hucitec.

BAKHTIN, Mikhail. 1997 [1920-1924]. Hacia uma filosofia del acto ético. De los borradores y otros escritos. Trad. e notas: Tatiana Bubnova. Barcelona/San Juan: Anthropos/ EDUPR.

BRASIL. 2013. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. In: Vademecum Acadêmico de Direito. 17ª Edição, 2° semestre. São Paulo: Editora Rideel.

CONARE. 2016. Disponível em <http://www.justica.gov.br/news/brasil-tem-aumento-de-12-no-numero-de-refugiados-em-2016/20062017_refugio-em-numeros-2010-2016.pdf>. Acesso em 15/03/2018.

GODINHO, Luiz Fernando. Refugiados sensibilizam sociedade brasileira sobre importância da integração. Disponível em <http://www.acnur.org/portugues/2014/11/27/refugiados-sensibilizam-sociedade-brasileira-sobre-importancia-da-integracao/>. Acesso em 10/03/2014.

HOLZBACH, Ariane; NERCOLINI; Marildo José. Videoclipe em tempos de reconfigurações. Revista Famecos: mídia, cultura e tecnologia, v. 1, n. 39, 2009. Disponível em: <http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistafamecos/article/view/5841/4235>. Acesso em: 12/03/2018.

JAKOBSON, R. Aspectos linguísticos da tradução. In: JAKOBSON, R. Linguística e comunicação. Tradução de Izidoro Blikstein e José Paulo Paes. São Paulo: Cultrix, 1969.

BRASIL. Presidência da República. LEI 9474 de 22 de julho de 1997. Disponível em <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9474.htm>. Acesso em 10/02/2018>.

PLAZA, Julio. Tradução intersemiótica. São Paulo: Perspectiva, 2013.

SOARES, Thiago. Videoclipe: o elogio da desarmonia. João Pessoa: Marca da Fantasia, 2012.

UCHEN. Somos um (We are one). Disponível em <https://www.youtube.com/watch?v=llm5J4RcOOI. Acesso em 12/12/2017>.

Publicado
2018-10-01