A imagem opositora do mar na literatura angolana - Busca de padrões arquetípicos

Guilherme Valls Darisbo

Resumo


O mar é elemento caro ao imaginário lusófono em geral. Muito devido ao desenvolvimento marítimo da cultura portuguesa, o oceano consta usualmente em suas literaturas como parceiro. Porém, se pode reconhecer na literatura angolana a exceção à regra: nela, o mar – em suas poucas aparições – surge mormente como opositor ou inimigo. Neste trabalho, listo possíveis caminhos de análise para melhor compreender esta particularidade da literatura em língua portuguesa produzida em Angola.

Palavras-chave: Literatura angolana, Literaturas africanas de língua portuguesa, identidade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.