Exclusão e representatividade: o negro no livro didático de história no inicio do século xxi.

Marilia Costa

Resumo


Este trabalho visa investigar a existência de transformações na representação do negro nos livros didático de história entre as primeiras décadas do século XX e início do século XXI.Nesta comunicação, enfatizaremos as primeiras décadas do século XXI, trazendo para discussão principalmente a construção discursiva do mito da democracia racial como composição do imaginário discursivo e social da nação brasileira que é responsável por silenciar as diversas contribuições dos povos negros e indígenas.

Palavras chaves:Livro didático,população negra, Currículo


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.