ÁGUAS DA CABAÇA: A POESIA RESISTÊNCIA DE ELIZANDRA SOUZA

Fabricia Bittencourt Pazinatto Vago

Resumo


A literatura marginal-periférica contemporânea de autoria feminina é fruto da movimentação de escritoras marginalizadas pela sua origem social, pois nasceram e cresceram nas periferias das grandes metrópoles brasileiras. Essas escritoras produzem
obras literárias que tratam da experiência e do cotidiano nas comunidades periféricas e, além de desvendarem a estrutura, a linguagem e a dinâmica dessas comunidades, colocam em xeque os padrões de representação do feminino.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.