À Margem da Linha: da produção do espaço criminalizado ao debate do direito à cidade.

Autores

  • Beatriz Mateus Pereira
  • Marcelo de Souza Inácio
  • Renato Gonçalves dos Santos

Resumo

Este artigo contextualiza a dinâmica de produção socioespacial da Favela da Margem da Linha do Rio, situada em Campos dos Goytacazes, onde, num viés de consolidação de cidadania e da função social da cidade, vem sendo desenvolvido o Projeto “Mobilização pela Defesa e Garantia de Direitos” pela equipe do Centro Juvenil São Pedro, bem como aborda a luta pela efetivação de direitos dos moradores, especialmente diante de violências institucionais que são perpetradas cotidianamente, sobretudo, considerando as formulações de Andrelino Campos, Raquel Rolnik, Mendes e Gomes.

Biografia do Autor

Beatriz Mateus Pereira

Mestre em Políticas Sociais, pela UENF; Especialista em Gestão de Políticas Sociais, pela PUC-Minas; Socióloga, Professora Assistente da Faculdade Redentor, campus de Itaperuna e Campos dos Goytacazes, Gerente Socioeducativa Pastoral da ISJB – Centro Juvenil São Pedro e Assessora Técnica da Secretaria Municipal de Ação Social de Quissamã. 

 

Marcelo de Souza Inácio

Aluno especial do mestrado em Políticas Sociais da UENF, Graduado em Filosofia e Professor do Ensino Médio da ISJB – Instituto Dom Bosco.

Renato Gonçalves dos Santos

Pós graduando do curso de Serviço Social na contemporaneidade, Graduado em Serviço Social, Articulador Social da ISJB – Centro Juvenil São Pedro e Assistente Social do Acolhimento Institucional – Lara – da Fundação Municipal da Infância e Juventude de Campos dos Goytacazes. 

Downloads

Publicado

2016-08-31

Edição

Seção

GT3 - Africanidades e Brasilidades em Direitos Humanos e Políticas Públicas