Cotas e diversidade(s): discutindo inclusão a partir da dignidade humana

Ires Maria Pizetta Moschen, Wilson Camerino dos Santos Junior, Luciane Serrate Pacheco Bacheti

Resumo


O presente trabalho investiga como as cotas implementadas nos Institutos Federais de Educação do Espírito Santo- Campus São Mateus, materializaram mecanismos de diversidade(s) na educação técnica integrada ao ensino médio. O objetivo do mesmo é discutir como o ingresso do educando a partir da (s) diversidade (s) de origem social, econômica e cultural são fatores de discriminação positiva para garantia da dignidade humana. As cotas implementadas para os alunos de diversas origens, seja de escola pública, por renda ou racial, são consideradas proposições de políticas públicas que materializam o acesso aos direitos fundamentais, neste caso o acesso a educação. No campus São Mateus o sistema de cota entra em vigor no ano de 2013, alterando o cenário antes estável, pela padronização do ingresso. Diante das características peculiares da região norte do Espírito Santo, em especial do município de São Mateus, que possui heranças na sua formação econômica, social e cultural advinda dos negros, com as cotas a multiculturalidade da região ficou mais perceptível nos ingressantes a partir das relações estabelecidas no espaço escolar. Não há pretensão de analisar aqui o êxito ou não destes educandos na instituição. Nosso intento maior é demonstrar como o ingresso da(s) diversidade(s) no Instituto Federal de Educação do Espírito Santo- Campus São Mateus, possibilitou o acesso de adolescentes e jovens que antes apenas circulavam nos entornos do tecido social do instituto e hoje, por meio de uma política pública de acesso, são alunos atendido a partir de suas diferenciações sociais. Nossa metodologia utilizada foi o estudo exploratório e as técnicas utilizadas foram analise documental e relatos de experiência. Os resultados apontam as cotas como uma política pública que garante o acesso e possível permanência de educandos advindos de diferentes diversidade(s).


Palavras chave: Cota. Políticas Públicas. Educação.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.