Memórias Vestidas: (Re)criação de Moda a Partir da Memória

  • Aline Barbosa da Cruz Prudente UNICAMP
  • Anna Thereza Kühl UFSCar
Palavras-chave: Figurino, Memória, Traje de época.

Resumo

Com o objetivo de melhor compreender uma experiência educacional, este artigo descreve a analisa a prática de um projeto cultural sobre recriação de trajes que se relacionam com memórias de pessoas comuns, muitas sem formação na área da moda e de classe baixa. 

Biografia do Autor

Aline Barbosa da Cruz Prudente, UNICAMP

Aline Barbosa é diretora de arte, figurinista, artista e arte-educadora . É formada em Artes Visuais pela UNICAMP. Estudou também Design de Figurino (HAW Hamburg – Alemanha), Design (Bauhaus Universität – Alemanha) e Design de Moda (Sigbol – Brasil). Atualmente é mestranda em Teorias das Artes no Instituto de Artes da UNICAMP.

Anna Thereza Kühl, UFSCar
Formada em Produção Audiovisual pela UFSCar, cursou atividades de formação na área de moda no EBA – Espacio Buenos Aires. Atua como figurinista e diretora de arte em diversos grupos e projetos de teatro e audiovisual.

Referências

AUSLANDER, Leora, Beyond Words, American Historical Review 110 (2005), p. 1015-1045.

STALLYBRASS, Peter. 1993. Worn Worlds. Clothes, Mourning, and the Life of Things. In The Yale Rewiew, Volume 81, Number 2, p. 35-50.

Publicado
2016-12-28
Como Citar
Barbosa da Cruz Prudente, A., & Kühl, A. T. (2016). Memórias Vestidas: (Re)criação de Moda a Partir da Memória. Revista Do Colóquio, 6(11), 79-87. Recuperado de http://periodicos.ufes.br/colartes/article/view/14638