A antropofagia como método na canção tropicalista

Flavio Barbeitas, Pedro Martins

Resumo


RESUMO: Dedicamo-nos a uma tentativa de redefinir o diálogo entre o conceito poéticofilosófico de antropofagia, cunhado por Oswald de Andrade durante o primeiro Modernismo paulista, e a reapropriação de aspectos desse conceito pela Tropicália. A aproximação possui dois objetivos principais: a) encorpar a comparação entre antropofagismo e Tropicália, cujos termos se esvaziaram com o tempo; e b) decantar um método intersemiótico que podemos chamar “antropofágico”, reconhecendo-lhe os respectivos procedimentos entre a poesia paubrasil e a canção tropicalista. Em outras palavras, em lugar do mero apontamento de convergências, procuramos explicitar os termos da aproximação, fornecendo respostas a
questões como: em que medida a Tropicália compreende um “neoantropofagismo musical”, como definiu Caetano Veloso? Que divergências entre os dois projetos podem implicar em leituras diferentes da realidade nacional?

PALAVRAS-CHAVE: Tropicália. Antropofagia. Brasilidade.

ABSTRACT: This paper is an attempt to redefine the relation between the poetic and philosophical concept of anthropophagy, coined by Oswald de Andrade during São Paulo’s first Modernism, and the application of aspects of this concept by Tropicália. The approach of these terms has two main purposes: a) to embody the association between anthropophagy and Tropicália, whose parameters have weakened through time; and b) to decant an intersemiotic method that could be called “anthropophagic”, recognizing its procedures across pau-brasil poetry and the tropicalist song. In other words, instead of just pointing at similarities, we tried to highlight the terms of this approximation, providing answers to questions such as: to what extent does Tropicália constitute a “musical neoanthropophagism”, as defined by Caetano Veloso? Which divergences between the two projects might suggest different readings of the national character?

KEYWORDS: Tropicália. Anthropophagy. Brasility.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Flavio Barbeitas, Pedro Martins

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.