A AGONIA E O DESPERTAR DE UMA CIDADE EM A PESTE, DE ALBERT CAMUS

Angela Regina Binda da Silva

Resumo


Este artigo faz uma relação entre as obras A Peste e O Estrangeiro, de Albert Camus, apresentando os principais pontos do pensamento camusiano acerca do absurdo e da revolta inseridos no enredo dessas obras.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Contexto - Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.