PROPOSTA DE UM DICIONÁRIO INTERMEDIÁRIO DE LÍNGUA PORTUGUESA PARA USO EM SALA DE AULA: CARACTERÍSTICAS, PÚBLICO-ALVO E FUNÇÃO

Larissa Moreira Brangel

Resumo


O presente artigo discute três importantes axiomas que devem orientar a elaboração de um dicionário pedagógico – o enquadramento taxonômico, o perfil do usuário e a função da obra. Com o intuito de consolidar as características essenciais de um dicionário voltado para o segundo ciclo do ensino fundamental (dicionário intermediário), busca-se articular os axiomas citados com os objetivos estabelecidos pelo Ministério da Educação para o ensino de língua portuguesa no segundo ciclo, de modo a discutir e estabelecer as principais características (linguísticas e funcionais) de uma obra lexicográfica intermediária, bem como as prováveis necessidades de seus consulentes, além da função a ser desempenhada pelo dicionário. Os resultados demonstram que o cruzamento de pressupostos teóricos da lexicografia com parâmetros que norteiam o ensino de português em sala de aula permite um planejamento mais criterioso de dicionários voltados para alunos brasileiros em fase escolar.


Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista (Con) Textos Linguísticos


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.