IMAGENS NA SOCIEDADE DO ESPETÁCULO E A SALA DE AULA:

MEMES COMO PROPOSTA DE LETRAMENTO VISUAL/DIGITAL

  • Rossana Martins Furtado Universidade Federal do Espírito Santo
  • Karina Antônia Fadini Instituto Federal do Espírito Santo e Universidade Federal do Espírito Santo
  • Zirlene Effgen Faculdade do Centro Leste

Resumo

Vivemos na sociedade do espetáculo (DEBORD, [1967] 1997), em que imagens (res)significam subjetividade e coletividade, tornando mais tênue a fronteira entre privado e público ao provocar a espetacularização do sentir. Esse fator provocou um emocionalismo despertado pelo fascínio com as imagens (SODRÉ, 2006), que se expandem e ganham força nas redes sociais. Coadunamos com a visão do Círculo de Bakhtin de que o discurso é a língua nas relações concretas entre os sujeitos nas interações verbais, com fios ideológicos e dialógicos com os quais os discursos interagem. Os memes surgem nesse contexto como um fenômeno discursivo baseado na ironia que fascina interlocutores imersos nas redes sociais (AUTOR 1). Propomos esse gênero para o ensino e aprendizagem de línguas, por concordarmos com Mizan (2014) sobre o letramento visual na mídia em tempos de tecnologia, e percebemo-nos numa era mais visual do que linguística. Assim, propomos uma problematização por meio de uma prática de letramento visual, crítico e digital, a fim de possibilitar que leitores (principalmente, professores e alunos) reflitam as possibilidades discursivas que podem envolver as atividades do cotidiano, rumo à formação de cidadãos efetivamente letrados, para além da alfabetização.

Biografia do Autor

Rossana Martins Furtado, Universidade Federal do Espírito Santo
Professora da Secretaria Estadual de Educação do ES e da Escola SEB/Vila Velha; Mestra e doutora em Estudos Linguísticos pela UFES.
Karina Antônia Fadini, Instituto Federal do Espírito Santo e Universidade Federal do Espírito Santo

Professora no Instituto Federal do Espírito Santo (IFES/Colatina). Doutoranda em Linguística pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Zirlene Effgen, Faculdade do Centro Leste

Vice-Diretora e professora na Faculdade do Centro Leste (UCL/Manguinhos). Mestre em Linguística pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Publicado
2019-12-27