“Oásis do Terror” - A ditadura brasileira e a vigilância internacional: a Argélia nos Sumários do Comunismo Internacional (1970-1973)

  • Débora Strieder Kreuz' Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: ditadura civil-militar, Sumários do Comunismo Internacional, Argélia.

Resumo

Com o golpe civil-militar de 1964 e a implementação da ditadura de segurança nacional no Brasil, organizou-se de maneira eficaz um amplo aparato repressivo para conter toda forma de resistência. O SNI produziu mensalmente os Sumários do Comunismo Internacional com vistas a informar diversos órgãos dos três poderes e da sociedade civil sobre o que ocorria em distintos locais do globo e que fosse considerado subversivo. O trabalho objetiva analisar tal informe, produzido entre os meses de junho de 1970 a setembro de 1973, destacando as informações produzidas sobre a Argélia. Tal país ganhou importância nesse cenário a partir de 1962, pois a partir da sua libertação em relação à França e a adoção de uma política externa não-alinhada aos Estados Unidos nem à União Soviética, tornou-se um polo receptor de exilados de várias partes do globo, inclusive da América Latina.
Publicado
2019-12-27
Seção
Artigos