OS SENTIDOS DO TRABALHO INVISIBILIZADO DOS CATADORES NA REALIDADE FLUMINENSE

  • Valeria Pereira Bastos PUC Rio

Resumo

Esse artigo busca analisar o sentido do trabalho na vida dos catadores de materiais recicláveis, considerando que após o encerramento do Lixão de Gramacho, maior da América Latina, localizado no município de Duque de Caxias, grande parte dessa população perdeu suas referências laborais. O estudo buscou identificar até que ponto as políticas públicas se fizeram presentes como uma das vias de acesso para sobrevivência desses trabalhadores que lá atuavam, e após trinta anos de trabalho, não contariam mais com a atividade para seu sustento e da família. Trabalhou-se com pesquisa documental e bibliográfica, e com entrevista semiestruturada para a escuta dos sujeitos envolvidos, com a finalidade de ponderar perdas e ganhos ancorados pela Lei nº 12.305/2010 e pelo apoio governamental.

 

Biografia do Autor

Valeria Pereira Bastos, PUC Rio
Doutora em Serviço Social, Professora do Departamento de Serviço Social da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro do Departamento de Serviço Social
Publicado
2019-06-25
Seção
Mesa Coordenada Transformações do trabalho e desafios humanos e socioambientais