A FORMAÇÃO SÓCIO-HISTÓRICA BRASILEIRA E A QUESTÃO URBANA

  • Carina de Santana Alves

Resumo

O presente ensaio teórico tem como objetivo apresentar breves reflexões acerca das particularidades sócio-históricas do desenvolvimento do capitalismo no Brasil a partir da lei do desenvolvimento desigual e combinado e os rebatimentos de tais particularidades na questão urbana no país. Conclui-se que a expressão desigual das cidades brasileiras e a constituição da questão urbana encontram elementos explicativos na condição periférica e dependente da inserção do Brasil no mercado capitalista mundial.

Palavras-chave: questão urbana; particularidades; desenvolvimento desigual e combinado.  

Publicado
2019-06-25
Seção
Comunicações Orais - Questões agrária, urbana e ambiental