INTERSECCIONALIDADE: UM DESAFIO NA CONSTRUÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS

  • Pauline Ildefonso
  • Érica Almeida

Resumo

O presente trabalho é fruto de nossa dissertação de Mestrado no programa de Pós- Graduação em Desenvolvimento Regional, Ambiente e Políticas Públicas na UFF/Campos dos Goytacazes. Neste trabalho, buscamos problematizar as relações de Raça, Classe e Gênero sob a perspectiva da interseccionalidade, apresentando elementos que demonstram que embora tenhamos hoje um número insigne de políticas públicas que atendam as múltiplas demandas das camadas mais precarizadas, o debate sobre as desigualdades sociais precisa necessariamente ser analisado sob a égide da Interseccionalidade a fim de revelar particularidades invisibilizadas. Para tanto utilizamos dados oficiais do IPEA(2017),PNAD(2016), afim de analisar a condição da mulher negra no mercado de trabalho no Brasil frente à crise contemporânea.

Palavras-chave: Políticas Públicas; Interseccionalidade; Crise capitalista; Contemporaneidade.

Publicado
2019-06-25
Seção
Comunicações Orais - Classe social, gênero, raça, etnia e diversidade sexual