Nietzsche contra Kant: a vulgarização da filosofia transcendental

Ildenilson Meireles (Unimontes)

Resumo


O artigo discute a presença de Kant nos textos de Nietzsche, em especial a partir de Aurora, destacando certo conjunto de afirmações sobre a filosofia transcendental que a concebe como filosofia insidiosa. Nossa hipótese é que, além de um debate mais profundo com temas capitais da filosofia Kantiana, Nietzsche elabora estrategicamente uma caricatura de Kant e se esforça por difamar os êxitos do seu programa moral com o intuito de desestabilizar a hegemonia alcançada pelo projeto kantiano, vinculando-a a uma motivação teológica. A insistência de Nietzsche em vulgarizar a filosofia transcendental, até seus últimos escritos, parece mostrar justamente sua tentativa de minar o domínio exercido pela interpretação moral de Kant, o que, a nosso ver, funciona como estratégia retórica importante na explicitação da moral como problema.

Palavras-chave: Vulgarização. Nietzsche. Moral. Kant.

 

Abstract

 The article discusses the presence of Kant in Nietzsche's texts, especially from Daybreak, highlighting certain set of statements about transcendental philosophy that conceives it as insidious philosophy. The hypothesis is that, in addition to a deeper debate with capital subjects of Kantian philosophy, Nietzsche draws, strategically,  a caricature of Kant and strives to defame the successes of his  moral program, in order to destabilize the hegemony achieved by the Kantian project, linking it to a theological motivation. Nietzsche's insistence on vulgarize transcendental philosophy, until his last writings, seems to show, precisely, his attempt to undermine the domain exercised by the moral interpretation of Kant, wich, in our view, works as an important rhetorical strategy in explanation of moral as a problem.

 Keywords: Vulgarization. Nietzsche. Morality. Kant.

 

MEIRELES, Ildenilson. "Nietzsche contra Kant: a vulgarização da filosofia transcendental.". In: Estudos Nietzsche, vol. 6, n.01, jan/jun 2015, p.276-41.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Os números da Revista Estudos Nietzsche referentes aos anos de 2010 a 2014 encontram-se no Site: Estudos Nietzsche - PUC/PR