Entre dois Nietzsches

Márcio Benchimol Barros

Resumo


O texto focaliza prioritariamente o primeiro volume de Humano, demasiado humano, procurando interpretar as noções de História e progresso – tal como na obra são desenvolvidas – a partir da perspectiva aberta pelo problema da cultura, tentativa na qual ganha importância uma reflexão sobre o interessante paralelismo que no texto nietzscheano se desenha entre ontogênese e filogênese do pensar racional e científico. O ponto de vista do problema da cultura é também utilizado para intentar-se uma interpretação do notável contraste apresentado pela obra mencionada em relação a O nascimento da Tragédia, tendo-se como base, além das reflexões referidas, um juízo sobre o sentido da transformação que a própria noção de cultura sofre entre as publicações dos dois escritos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Os números da Revista Estudos Nietzsche referentes aos anos de 2010 a 2014 encontram-se no Site: Estudos Nietzsche - PUC/PR