O movimento Brasil livre na rede do sistema político brasileiro: dinâmicas e narrativas.

Autores

  • Allan Cancian Marquez Universidade Federal do Espírito Santo
  • Fábio Luiz Malini de Lima

Resumo

Buscamos discutir e entender a ascensão e os discursos promovidos pelos atuais partidos dessa “nova direita” brasileira, o que para o pesquisador Marcos Nobre “se apresentou em nova roupagem, como paladino da liberdade e mãe da democracia" (NOBRE, online). Usando como objeto empírico o MBL, por ser o grupo que mais gerou e tem gerado discussões e controvérsias em rede4, buscamos descobrir onde o grupo está localizado na esfera política da direita brasileira, quais os principais outros atores políticos com quais se conecta, bem como entender as dinâmicas de apoio, colaboração e narrativas criadas por essas redes de atores.

Referências

ARQUILLA, John e RONFELDT, Davi. Redes y guerras em rede: el futuro del terrorismo, el crime organizado y el activismo político. Madri: Alianza editorial, 2003.

DI MARTINO, Benedetto. et al. Big data (lost) in the cloud. In International Journal of Big Data Intelligence, Vol.1, No.1/2, pp.3 – 17, 2014.

DUMBILL, Edd. What is big data? An introduction to the big data landscape. O'Reilly Media, Inc., 2012. Disponível em: < https://goo.gl/W2b7F >. Acesso em 24 de setembro de 2017.

FARRELL, Henry. The Consequences of the internet for Politics. Annual Review of Political Science, v. 15, n. 1, p. 35–52, 2012.

GERBAUDO, Paolo; SCRETI, Francesco. Reclaiming Popular Sovereignty: The Vision of the State in the Discourse of Podemos and the Movimento 5 Stelle. Javnost-The Public, 2017,

-16.

HARDT, Michael; NEGRI, Antonio. Multidão: guerra e democracia na era do Império. Rio de Janeiro: Record, 2005.

HERMAN, M. et al. The Field Guide to Data Science. Booz Allen Hamilton Inc, 2013.

LAGOZE, Carl. Big Data, data integrity, and the fracturing of the zone control. In Original Research Article. Big Data & Society. July-December, 2014.

LATOUR, Bruno. Reagregando o Social – uma introdução à teoria do Ator-Rede. Salvador-Bauru: EDUFBA-EDUSC, 2012.

MALINI, Fábio. Um método perspectivista de análise de redes sociais: cartografando topologias e temporalidade em rede. XXV Encontro Anual da Compós, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.

MANIKA, James. et al. Big data: The next frontier for innovation, competition, and productivity. McKinsey Global Institute. Disponível em: < https://goo.gl/CGdWjq >. Acesso em 25 de setembro de 2017.

MANOVICH, Lev. Trending: The Promises and the Challenges of Big Social Data. Manovich Blog. Disponível em: < http://goo.gl/IqlgGF >. Acesso em 24 de setembro de 2017.

Publicado

2019-10-09