Entre Roy Lichtenstein e Stan Lee: diálogos com a arte e os Quadrinhos por uma educação sensível.

  • Mariana Araujo Soares UFES
  • Daniel Lucas S. Silva UFES
  • Margarete Sacht Góes UFES

Resumo

Este trabalho visa à abordagem da leitura de imagem e texto a partir dos cartoons, mais conhecidos como Histórias em Quadrinhos. Discute o uso desse instrumento dentro do campo da Arte, dialogando com autores como Barbosa (2005), Góes (2009; 2014), Silva (2001), Ostetto (2011) e Martins (2010). Propõe, a partir das obras de Roy Lichtenstein e do contexto dos super-heróis das Histórias em Quadrinhos criados por Stan Lee, formas de utilizá-las como instrumento de mediação para o desenvolvimento do grafismo infantil e de questões voltadas para a sensibilização entre as crianças sobre as diferenças subjetivas e físicas, que nos tornam sujeitos singulares, únicos na diversidade.

Biografia do Autor

Mariana Araujo Soares, UFES
Centro de Educação / Departamento de Linguagens, Cultura e Educação
Daniel Lucas S. Silva, UFES
Centro de Educação / Departamento de Linguagens, Cultura e Educação
Margarete Sacht Góes, UFES
Centro de Educação / Departamento de Linguagens, Cultura e Educação
Publicado
2019-09-09