Análise de discurso francesa e teoria das representações sociais: algumas interfaces teórico-metodológicas

Antonio Marcos Tosoli Gomes

Resumo


DOI: 10.12957/psi.saber.soc.2015.17558

RESUMO: O objetivo deste artigo consiste em analisar algumas das interfaces teóricas e metodológicas da análise de discurso da escola francesa com a teoria de representações sociais. Para isto, foram utilizados os principais elementos estruturais da análise de discurso, como as condições de produção do discurso, os dispositivos analíticos da análise de discurso e as formações discursivas e ideológica como unidades para a compreensão das possibilidades da concretização desta interface. A análise efetuada aponta que as representações sociais possuem papel integrador e de mediação entre a ideologia e as formações ideológicas, que a metáfora mostra-se como promissora para o levantamento do Núcleo Figurativo e da Dimensão Imagética das Representações Sociais e do Interdiscurso no que tange à Dimensão da Arqueologia da Representação e da Memória Social. Ao mesmo tempo, a paráfrase é identificada com o processo de continuidade de uma representação e a polissemia com a identificação de um subgrupo específico ou de um fenômeno de transformação representacional. Conclui-se que o discurso deve ser compreendido como uma totalidade significante e que o diálogo entre estes dois campos teóricos mostra-se promissor para ambos.

Palavras-chave: análise de discurso; representações sociais, pesquisa qualitativa.

ABSTRACT: The purpose of this article is to analyze some of the theoretical and methodological interfaces of the French school discourse analysis with the theory of social representation. For that, the main structural elements of discourse analysis were used, such as the conditions of discourse production, the analytical devices of discourse analysis, and the discursive and ideological formations as units to understand the possibilities of this interface implementation. The analysis points out that the social representations have an integrating and mediating role between the ideology and the ideological formations; and it also indicates that the metaphor shows to be promising for the survey of the Figurative Core and of the Imagery Dimension of the Social Representations as well as the Interdiscourse regarding the Dimension of the Archaeology of Representation, and of the Social Memory.  Simultaneously, the paraphrase is identified with the continuity process of a representation, and the polysemy corresponds to the recognition of a specific subgroup or of a representational transformation phenomenon. Thus, the discourse should be understood as a significant totality; and the dialogue between these two theoretical fields proves to be promising for both.

Keywords: discourse analisys; social representations; research qualitative.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.