Prevalência e severidade da cárie dentária em escolares de Jerônimo Monteiro, Espírito Santo, Brasil

  • Fernanda de Lima Peluzio
  • Luciane Zanin
  • Flávia Martão Flório

Resumo

Introdução: Inquéritos epidemiológicos são indispensáveis para estimar a condição de saúde bucal da população subsidiando o planejamento. Objetivo: Avaliar a prevalência e severidade de cárie dentária em escolares de 5 e de 12 anos do município de Jerôonimo Monteiro (Espírito Santo, Brasil). Métodos: A pesquisa censitária foi realizada por uma examinadora calibrada (Kappa intraexaminador = 0,96). Foram examinados, nos estabelecimentos de ensino, 221 pré-escolares de 5 anos (85% do total) e 259 escolares de 12 anos (86% do total). Resultados: Para os pré-escolares de 5 anos verificou-se que o ceod foi 2,27 (±2,88) e 43,9% estavam livres de cárie. Para os escolares de 12 anos, o CPOD médio foi 2,47 (±2,25), o SiC (Significant Caries Index) 5,06 (±1,55), e apenas 20,1% do grupo estavam livres de cárie. Para ambas as idades, o componente cariado foi o que mais contribuiu para os índices, representando 80,6% e 54,2% nas idades de 5 e de 12 anos respectivamente. Conclusão: A condição bucal dos pré-escolares e escolares do município caracteriza-se pela predominância do componente cariado e polarização da doença, sendo necessário que medidas efetivas de promoção de saúde bucal sejam realizadas para possibilitar redução das iniquidades.

Publicado
2019-09-30
Edição
Seção
Artigo original