Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • Os autores aceitam passar pelo processo de avaliação descrito na revista.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Diretrizes para Autores

Os textos deverão ser enviados em formato Microsoft Word versão 2003 ou superior, digitados em fonte Arial, tamanho 12, espaçamento entre linhas de 1,5 cm, formatação justificada e com margens superior/ esquerda de 3 cm e inferior/ direita de 2 cm.

O título do trabalho deverá estar centralizado e em negrito. A autoria ou autorias deverá(ão) seguir logo abaixo do título, alinhado à direita, em fonte Arial, com tamanho 10. Todas as filiações institucionais e agências de apoio ou fomento deverão, obrigatoriamente, ser citadas em nota de rodapé.

O resumo deverá ser produzido em língua portuguesa, inserido logo após a autoria, seguindo a norma proposta e não ultrapassando o limite de 15 (quinze) linhas. O resumo também deverá possuir uma versão em língua estrangeira, preferencialmente o inglês, porém, também serão aceitos resumos em italiano, em espanhol e em alemão.

Seguirá logo após a cada resumo as respectivas palavras chave, não ultrapassando o número de 5 (cinco) palavras. As mesmas serão separadas por vírgulas.

                        Ex.: Imigração, colônias, italianos, saudosismo, tradição.

Todas as referências a títulos de obras bem como expressões em línguas estrangeiras que estiverem presentes no corpo do texto deverão estar redigidas em itálico (vide exemplo 2).

Citações de até três linhas deverão ser utilizadas no corpo do texto e entre aspas, já as citações com quatro linhas ou mais deverão ser citadas em parágrafo separado com recuo de 4 cm, fonte 10 e espaçamento simples.

Todas as citações deverão seguir o sistema autor/data/página e estarem presentes no corpo do texto. As notas de rodapé deverão ser utilizadas somente em caráter explicativo.

Ex. 1: Para José Roberto do Amaral Lapa (1982, p. 32) essa institucionalização dos estudos históricos no Brasil tem sido uma característica marcante. 

Ex. 2: Essa abordagem, no caso brasileiro, pode contribuir de maneira exponencial para a compreensão do embate entre os autodidatas e o homo academicus (BOURDIEU, 1989, p. 19), e como esse conseguiu consolidar sua posição frente àquele.

Todos os Artigos deverão possuir no mínimo 12 e no máximo 25 páginas, incluindo-se a bibliografia e os anexos.

As Resenhas deverão possuir no máximo cinco páginas e deverão estar redigidas conforme o formato proposto.

Descritivos de Acervos ou de Documentos, assim como as Entrevistas deverão ser precedidas de notas explicativas ou biográficas, assim como um breve histórico e motivação de tal publicação. Também deverão seguir as normas de redação propostas.

No caso de transcrição de documentos os mesmos deverão ser redigidos em fonte Arial 10, espaçamento de 1,5 cm e redigidas após a nota explicativa em um recuo de 2,5 cm.

As referências bibliográficas deverão vir após o término da publicação, redigidas conforme as normas da ABNT e em ordem alfabética.

            Obra completa:

CERTEAU, Michel de. A escrita da história. Trad. Maria de Lourdes Menezes. 3. ed. rev. Rio de Janeiro: Forense, 2011.

            Capítulo ou parte de obra:

FERREIRA, A. C. A historiografia profissional paulista: expansão e descentramentoIn: GLEZER, R. (Org.). Do passado ao futuro: edição comemorativa dos 50 anos da Anpuh. São Paulo: Contexto, 2011.

            Artigos publicados em periódicos:

IGGERS, Georg. Desafios do século XXI a Historiografia. História da Historiografia, Minas Gerais, n. 4, p. 105–124, 2010.

            Teses e dissertações:

FRANZINI, Fabio. À sombra das palmeiras. A coleção de documentos brasileiros e as transformações da historiografia brasileira. 2006. 220 f. Tese (Doutorado em História) - Programa de Pós Graduação em História Social, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

Caso o texto proposto possua imagens que não sejam de autoria do proponente, deverá o mesmo citar, obrigatoriamente, o nome da imagem, a autoria e a fonte da mesma, responsabilizando-se pelos direitos autorais, caso houver. O formato deverá ser em TIFF ou JPEG com resolução de 300 dpi e tamanho mínimo de 5x5 cm. As imagens deverão vir posicionadas em seus respectivos lugares no texto e também deverão ser enviadas, obrigatoriamente, em anexo, e com alta resolução. A ausência de tais requisitos desqualifica o artigo para a publicação.

A revisão ortográfica é de responsabilidade exclusiva dos autores.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.