Reeducação de homens autores de violência contra as mulheres: experiências capixabas

João José Barbosa Sana

Resumo


Esta comunicação se origina a partir dos estudos que estão sendo desenvolvidos no Laboratório de Estudos de Gênero, Poder e Violência, do Curso de História da Universidade Federal do Espirito Santo. Sabe-se que a questão da violência contra as mulheres tem sido uma agenda constante das discussões no Estado do Espírito Santo, no âmbito da Universidade, dos Movimentos Sociais e dos governos responsáveis pela formulação de políticas públicas de prevenção a violência. As experiências, refletidas neste trabalho, se referem a reeducação de homens autores de violência contra as mulheres no Estado do Espirito Santo, conforme previsão existente na Lei nº 11340, de 07.08.2006 (Lei Maria da Penha). Examina particularmente os trabalhos desenvolvidos pela Prefeitura Municipal de Vitória e o Projeto Homem que é Homem implementado pelo Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Elaborações de Ações para o Enfrentamento a Violência (NIEV), da Polícia Civil do Estado do Espirito Santo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.