A PSICOSFERA PUBLICITÁRIA DO PONTO DE VISTA DA REDE URBANA BRASILEIRA E INFLUÊNCIA ESTRANGEIRA

Resumo

A presente comunicação se incorpora à linha de pesquisa no âmbito da gestão empresarial. A gestão empresarial constitui a síntese geográfica das redes e fluxos representativos da atuação do mercado, fornecendo um quadro de referência do posicionamento relativo das cidades na rede urbana brasileira. O objetivo deste trabalho, utilizando pesquisa empírica, documental e analítica, é o de sublinhar a ação da psicosfera publicitária e de seus contributos para o direcionamento e incremento do consumo, do ponto de vista da rede urbana brasileira, em especial em relação à influência estrangeira.

Biografia do Autor

Ronaldo Cerqueira Carvalho, IBGE/UERJ
Tecnologista em informações geográficas e estatísticas no IBGE, doutorando em Geografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, com mestrado em Estudos Populacionais e Pesquisas Sociais pela Escola Nacional de Ciências Estatísticas.

Referências

ABAP, Associação Brasileira de Agências de Propaganda. História da Propaganda Brasileira. São Paulo: Editora Talento, 2005.

ANTONGIOVANNI, Lídia Lúcia. O Meio Técnico-Científico-Informacional Brasileiro: a publicidade como um vetor das modernizações. Dissertação (mestrado em Geografia Humana), Universidade de São Paulo, 1999.

ARROYO, Mónica. São Paulo e os fluxos internacionais de mercadorias: a espessura de uma região metropolitana. In: CARLOS, A. F.; OLIVEIRA, A. U. de (orgs). Geografias de São Paulo: a metrópole do século XXI. São Paulo: Contexto, 2004, pp. 85-103.

AUCAR, Bruna Santana. A publicidade no Brasil: agências, poderes e modos de trabalho (1914-2014). Tese (doutorado) – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Departamento de Comunicação Social, 2016.

BARBOSA, Ivan Santo. Sistema Publicitário e Produção Ideológica. In: XXI – Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – INTERCOM, 1998, Recife-PE, 1998, não paginado.

CANCLINI, Néstor García. Consumidores y Ciudadanos: Conflictos Multiculturales de la Globalización. Mexico: Grijalbo, 1995.

AUTOR. Padrões espaciais das empresas na rede urbana brasileira: uma trajetória rumo ao global. In: Anais... XV SIMPURB, Salvador, Anais do Simpósio, 2017.

AUTOR; Outro. Padrões espaciais dos serviços avançados de apoio às empresas na rede urbana brasileira. In: FIGUEIREDO, A. H. (Org.). Brasil: uma visão geográfica e ambiental no início do século XXI. 1ª ed. Rio de Janeiro: IBGE, 2016, p. 101-118.

DIAS, Leila Christina. Redes de informação, grandes organizações e ritmos de modernização. Etc, espaço, tempo e crítica (UFF) , v. n.2,v1, p. 1-4, 2007.

FGV-EAESP/GVpesquisa. Relatório de Pesquisa nº 37/2004. Disponível em: <https://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/3059/P00304_1.pdf>. Acesso em: 12 dez. 2018.

IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. REGIÕES de influência das cidades 2007. Rio de Janeiro: IBGE, 2008. 201 p. Acompanha 1 CD-ROM. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/home/geociencias/geografia/regic.shtm>. Acesso em: out. 2015.

______ . GESTÃO do território 2014. Rio de Janeiro, 2014. 118 p.

KAHIL, Samira Peduti. Psicosfera, uso corporativo da esfera técnica do território e o novo espírito do capitalismo. Sociedade & Natureza, Uberlândia, v. 22(3), 2010, pp. 22-35.

KANTAR, Ibope e Media. Mais de 60 mil anunciantes investiriam em publicidade no Brasil em 2017. Releases 17/04/2018.

Disponível em: <https://www.kantaribopemedia.com/mais-de-60-mil-anunciantes-investiriam-em-publicidade-no-brasil-em-2017/>. Acesso em: 24 mai. 2018.

KON, Anita. Nova economia política dos serviços. São Paulo: Perspectiva – 1.ed., 2015.

MATTOS, Sérgio. História da televisão brasileira: uma visão econômica, social e política. Petrópolis: Vozes. 5 ed. rev. e ampl., 2010.

MORAES, Dênis de. A dinâmica da publicidade transnacional. Ciberlegenda, Issue 2, 1999.

M&M GLOBAL STAFF

Disponível em: http://mandmglobal.com/global-agency-network-map-2017/. Acesso em: 25 mai. 2018.

PAIVA, Raquel; SODRÉ, Muniz; CUSTÓDIO, Leonardo. Brazil: Patrimonialism and Media Democratization. In: Mapping BRICS Media. Edited by NORDENSTRENG, Kaarle; THUSSU, Daya, London: Routledge, 2015, p. 109-125.

RIBEIRO, Ana Clara Torres. Matéria e Espírito: O Poder (Des)Organizador dos Meios de Comunicação. In: PIQUET, R. & ______ . Brasil, Território da Desigualdade. Rio de Janeiro, Zahar, 1991, p. 44-55.

______ . A voracidade do poder: dimensões do território usado. Conferência ministrada durante o Colóquio de Pesquisa O Tamanho do Brasil: território de quem – Rio Claro (SP), 18 set. 2007 (texto inédito).

RIBEIRO, Miguel Ângelo Campos. Transformações na Rede Urbana: o Exemplo da Amazônia. Revista do Departamento de Geografia Geouerj, Rio de Janeiro, p. 23-28, 1997, pp. 23-28.

SANTOS, Milton. A Totalidade do diabo: como as formas geográficas difundem o capital e mudam estruturas sociais. In: SANTOS, M. Economia Espacial. São Paulo: Editora Hucitec, 1977, p. 31-43.

______ . Espaço e sociedade: ensaios. Petrópolis: Vozes, 1979.

______ . A aceleração contemporânea: tempo mundo e espaço mundo. In: ______ . ; SOUZA, Maria Adélia A. de; SCARLATO, Francisco Capuano; ARROIO, Monica (org.). O novo mapa do mundo: fim de século e globalização. São Paulo: Hucitec-ANPUR, 1994a, pp. 15-22.

______ . Técnica Espaço Tempo, Globalização e Meio Técnico-Científico-Informacional. São Paulo: HUCITEC, 1994b.

______ . Por uma Economia Política da Cidade. O caso de São Paulo, São Paulo, HUCITEC, 1994c.

______ . A Natureza do Espaço: espaço e tempo, razão e emoção. 3ª ed. São. Paulo: HUCITEC, 1999. 384 p.

______ . A urbanização brasileira. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo – 5. ed., 3. reimpr., 2013.

SCOTT, Allen J. Regions and the world economy: the coming shape of global production, competition and political order. Oxford; New York: Oxford University Press, 1998. 177 p.

SERVIÇOS avançados de apoio às empresas. In: IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. GESTÃO do território 2014. Rio de Janeiro, 2014. p. 98-99.

STORPER, Michael. The regional world: territorial development in a global economy. New York: Guilford, 1997. 338 p.

STRAUBHAAR, Joseph. Brazil: the Role of the State in World Television. In: MORRIS, Nancy; WAISBORD, Silvio (eds). Media and Globalization: Why the State Matters. Lanham: Rowman & Littlefield, 2001, p. 133-153.

Publicado
2019-12-01
Seção
GT-4:­ Economia urbana, trabalho, comércio e consumo