OS MERCADOS MUNICIPAIS NA REGIÃO DO VALE DO PARAÍBA: DINÂMICAS E TRANSFORMAÇÕES NO CONTEXTO URBANO

Resumo

O surgimento dos mercados municipais é datado a partir do final do século XVIII, marcando significativamente importantes momentos da vida da cidade e de sua população. O artigo visa compreender as dinâmicas ocorridas nos mercados municipais de seis cidades paulistas da região do Vale do Paraíba e Litoral Norte (São José dos Campos, Taubaté, Jacareí, Pindamonhangaba, Guaratinguetá e Caraguatatuba), todas com população superior a cem mil habitantes. Busca-se tratar o mercado como um lugar de memória e tradição, fortalecido por aspectos significativos da história destes espaços, cujas transformações da paisagem acompanharam a expansão do fenômeno urbano. Por meio do estudo da organização do espaço metropolitano e dos estudos bibliográficos e de campo.

Referências

CERTEAU, Michel de; GIARD, Luce; MAYOL, Pierre. A Invenção do Cotidiano: 2. Morar. Cozinhar. Petrópolis, RJ: Vozes, 1996. 372p.

EMPLASA, Estado de São Paulo (2012). Lei Complementar nº 1.166/12, de 09 de janeiro de 2012. Cria a Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, e dá providências correlatas. São Paulo: Estado. Disponível em

https://www.emplasa.sp.gov.br/Cms%20Data/Sites/EmplasaDev/Files/Conselhos/Vale/Textos/LEI%20COMPLEMENTAR%201166_9JAN2012_VALE.pdf Acesso em: 10 de abril de 2019.

PIORINO FILHO, Francisco Fatos e Fotos: de Pindamonhangaba Antiga. Pindamonhangaba: Editora São Benedito, 2013. 109p.

FORTUNA, Carlos. Por entre as ruínas da cidade: o patrimônio e a memória na construção das Identidades Sociais. Coimbra: Oficina do CES, 1995. Disponível em https://estudogeral.sib.uc.pt/bitstream/10316/10961/1/Por%20Entre%20as%20Ru%c3%adnas%20da%20Cidade.pdf Acesso em: 10 de abril de 2019.

HALBWACHS, Maurice. A Memória Coletiva. Tradução de Beatriz Sidou. São Paulo: Centauro, 2006. 222p.

LENCIONI, Sandra. O processo de metropolização do espaço: Uma nova maneira de falar da relação entre Metropolização e Regionalização. In: SHIFFER, Sueli Ramos (Org.). Globalização e Estrutura Urbana. São Paulo: Fapesp, 2004. p. 153-165.

LEFEBVRE, Henri. A revolução urbana. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1999. 178p.

MARTINS, Valter. Mercados Urbanos, transformações na cidade: abastecimento e cotidiano em Campinas, 1859-1908. Campinas: Editora Unicamp, 2010. 383p.

MÜLLER, Nice Lecoqc. O fato urbano na bacia do rio Paraíba - Estado de São Paulo. Rio de Janeiro: IBGE, 1969. 375p.

PINTAUDI, Silvana Maria. Os mercados públicos: metamorfoses de um espaço na história urbana. CIDADES, v. 3, n. 5, p. 81-100 jun/set 2006. Departamento de Planejamento Universidade Estadual Paulista. Disponível em: http://revista.fct.unesp.br/index.php/revistacidades/article/viewFile/505/537 . Acesso em 31 de maio de 2019.

REIS, Hélio Monteiro dos. Tanque da Aguada: A história do Mercado Municipal de Taubaté. Taubaté: Gráfica Santuário, 2013. 127p.

REIS, Nestor Goulart. Imagens de Vilas e Cidades do Brasil Colonial. São Paulo: Editora USP/FAPESP, 2000. 212p.

__________________. Notas sobre urbanização dispersa e novas formas de tecido urbano. São Paulo: Via das artes, 2006. 201p.

REIS, Nestor Goulart; BENTES, Júlio Cláudio da Gama. Urbanização dispersa e novas formas de tecido urbano: estudos, diálogos e desafios. Porto Alegre: Encontro da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, 2016. Disponível em https://www.anparq.org.br/dvd-enanparq-4/SESSAO%2045/S45-00-OULART%20REIS,%20N;%20GAMA%20BENTES,%20J.pdf Acesso em 02 de julho de 2019.

RICCI, Fábio. A economia cafeeira e as bases do desenvolvimento no Vale do Paraíba paulista. Juiz de Fora: Revista de História Econômica & Economia Regional Aplicada. Vol l nº 1, 2006. Disponível em http://www.ufjf.br/heera/files/2009/11/artigo02.pdf Acesso em 31 de maio de 2019.

SANTOS, Milton. A Urbanização Brasileira. São Paulo: Editora HUCITECH, 1993. 174 p.

__________. Técnica, espaço, tempo: globalização e meio técnico-científico informacional. 3. ed. São Paulo: Hucitec, 1997. 190 p.

_______________. Espaço e Método. São Paulo: Editora da universidade de São Paulo, 2008. 118p.

SANTOS, Milton.; SILVEIRA, Maria Laura O Brasil: Território e sociedade no início do século XXl. Rio de Janeiro: Record, 2006. 473p.

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS (Município). Lei Municipal 4595/94, de 04 de julho de 1.994, como Elemento de Preservação Nível 2 Inclui na categoria de elemento de preservação EP-2 o edifício que abriga o Mercado Municipal de São José dos Campos. Jornal Boletim do Município. São José dos Campos, n. 1049, 1994.

SERVILHA. Mateus de Moraes; DOULA, Sheila Maria. O mercado como um lugar social: as contribuições de Braudel e Geertz para o estudo socioespacial de mercados municipais e feiras. Cascavel: Revista Faz Ciência, v.11, n.13 jan./jun. 2009, pp. 123-142. Disponível em: http://e-revista.unioeste.br/index.php/fazciencia/article/view/7610 Acesso em 02 de julho de 2019.

SINGER, P. O capitalismo: Sua evolução, sua lógica e sua dinâmica. São Paulo: Moderna, 1996. 87p.

VALE NEWS, Projeto de música erudita inicia 4ª edição em Taubaté. Disponível emhttp://valenews.com.br/2019/05/29/projeto-de-musica-erudita-inicia-4a-edicao-em-taubate/. Acesso em 15 de agosto de 2019.

VIDAL, Celma Chaves Pont. Os mercados públicos e a História da cidade: Belém no final do século XIX e início do século XX. In: LEITÃO, Wilma Marques (org). Ver-o-Peso: Estudos antropológicos no mercado de Belém. Volume ll. Belém: Paka-Tatu, 2015. p. 17-37.

VIEIRA, Edson. Trajano. Industrialização e Políticas de Desenvolvimento Regional: o Vale do Paraíba paulista na segunda metade do século XX. Tese de Doutorado em História Econômica. USP, 2009.

WEBER, Max. Conceito e categorias da cidade. In: WEBER, Max (coautor) et al.; VELHO, Otávio Guilherme (org.). O fenômeno urbano. 3. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1973. p. 68-89.

Publicado
2019-11-29
Seção
GT-4:­ Economia urbana, trabalho, comércio e consumo