MIGRAÇÃO INTERNACIONAL CONTEMPORÂNEA E SELETIVIDADE NO MERCADO DE TRABALHO FLUMINENSE: UMA ANÁLISE A PARTIR DOS DADOS DO CENSO DEMOGRÁFICO DE 2010

  • Hisrael Passarelli-Araujo Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF). http://orcid.org/0000-0003-3534-8392
  • Joseane de Souza Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Resumo

As migrações internacionais têm levantado novos desafios para os países, impondo alterações no processo da mobilidade da mão de obra e nas interações espaciais entre as sociedades de origem e destino. O Estado do Rio de Janeiro despontou nas últimas décadas como região potencialmente atrativa de força de trabalho interna e estrangeira em virtude da reestruturação e dinamização do seu mercado de trabalho. Esse trabalho busca analisar a seletividade migratória da mobilidade internacional no mercado de trabalho fluminense, abordando a dinâmica recente das migrações, o perfil e a distribuição espacial da população estrangeira no estado do Rio de Janeiro, segundo suas mesorregiões, a partir dos dados do Censo Demográfico de 2010. Os resultados apontam para uma alteração no perfil do imigrante estrangeiro, estreitamente associada à expansão do setor de petróleo e gás no estado nas últimas décadas.

Biografia do Autor

Hisrael Passarelli-Araujo, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF).
Graduação em Administração Pública pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.
Joseane de Souza, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Doutorado em Demografia (CEDEPLAR/UFMG). Professora associada da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Centro de Ciências do Homem, Laboratório de Gestão e Políticas Públicas. 

Referências

BRYAN, R. The interrelation of City and Provinces in Peru and Guatemala. Latin American Urban Research, v. 4, p. 207–235, 1974.

CAMPOS, M. B. DE. Seletividade e migração. População, espaço e sustentabilidade: contribuições para o desenvolvimento do Brasil, p. 187–201, 2016.

CORRÊA, M. J. B. O Centro Fluminense: uma paisagem agreste. Disponível em: <https://avozdaserra.com.br/colunas/historia-e-memoria/o-centro-fluminense-uma-paisagem-agreste>. Acesso em: 29 jun. 2019.

HARGUINDEGUY, J. Migração de Argentinos para o Brasil : o caso de Armação Dos Búzios/RJ. Caminhos da Geografia, p. 82–87, 2007.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo Demográfico Brasileiro, 2010.

LEE, E. S. A Theory of Migration. Demography, v. 3, n. 1, p. 47–57, 1966.

LEVY, M. S. O papel da migração internacional na evolução da população brasileira (1872 a 1972). Revista de Saude Pública, v. 8, p. 49–90, 1974.

MASSEY, D. S. et al. Return to Aztlan: the social process of international migration from Western Mexico. 1. ed. New York: University of California Press, 1990.

MASSEY, D. S. et al. Theories of International Migration: A Review and Appraisal. Population and Development Review, v. 19, n. 3, p. 431, 1993.

OLIVEIRA, A. T. R. Tendências recentes da mobilidade espacial da população no Estado do Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Estudos Populacionais, v. 27, n. 1, p. 89–113, 2010.

RAVENSTEIN, E. G. The Laws of Migration. Journal of the Statistical Society of London, v. 48, n. 2, p. 167–235, 1885.

SJAASTAD, L. A. The costs and returns of human migration’. Journal of Political Economy, v. 70, n. 5, p. 80–93, 1962.

SOUZA, J. DE; FRUTUOZO, J. V. DE P. Rio de Janeiro: considerações sobre os processos de expansão urbana e interiorização do crescimento (1980-2010). urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, v. 10, n. 1, p. 124–139, 2018.

SOUZA, J. DE; TERRA, D. C. T. Rio de Janeiro : rumo a uma nova região metropolitana ? Cadernos Metrópole, v. 19, n. 40, p. pp.817-840, 2017.

Publicado
2019-12-02
Seção
GT-5: Mobilidade, migração e espaço urbano