VIAS E PORTOS: IMPACTOS TERRITORIAIS DO SUPORTE LOGÍSTICO RODOVIÁRIO DOS SETORES PORTUÁRIO E INDUSTRIAL DA GRANDE VITÓRIA (ES)

  • Lucas Barata Wingler
  • Martha Machado Campos

Resumo

As recentes transformações no espaço geográfico do estado do Espírito Santo fomentadas pelo incremento dos setores portuário e industrial, se traduzem de fato na formação do denominado território corporativo, resgatando expressão crítica recorrente em estudos urbanos e regionais. Os investimentos nas redes de infraestrutura de escoamento da produção são determinados sobretudo para o atendimento do setor de petróleo e gás no Espírito Santo, que tem os portos como bases reprodutivas. Entre os investimentos em transporte e circulação de cargas, o principal direcionamento é dado as obras rodoviaristas, priorizando o trânsito de cargas pesadas entre os polos industriais e as áreas portuárias na Região Metropolitana da Grande Vitória. Este estudo busca o entendimento da articulação vias-portos, mediante cenário previsto com a implantação dos eixos viários da Rodovia Leste-Oeste e BR-447 e seus impactos nos territórios em que estão inseridos.

Referências

BENKO, Georges. Economia, Espaço e Globalização: na aurora do século XXI. São Paulo: HUCITEC. 1999. 266p.

BRASIL. Lei nº 8.630, de 25 de fevereiro de 1993. Dispõe sobre o regime jurídico da exploração dos portos organizados e das instalações portuárias e dá outras providências.. Brasília, 1993. Disponível em:<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8630.htmimpressao.htm>. Acesso em: 12 abr. 2019.

BRENNER, Neil. A globalização como reterritorialização: o reescalonamento da governança urbana na União Europeia. Cadernos Metrópole, v. 12, n. 24, 2010, p. 507-533. Disponível em: < https://revistas.pucsp.br/metropole/article/view/5902/4253>. Acesso em 22 abr. 2019.

CARIACICA. Prefeitura Municipal. Lei nº. 5.392, de 23 de junho de 2015. Autoriza o Poder Executivo Municipal a receber área de terreno a título de doação e dá outras providências. Cariacica/ ES. 2015a. Disponível em: <http://www.cariacica.es.gov.br/wp-content/uploads/2015/06/DIARIO-OFICIAL-MUNICIPAL-25-06-2015assinado.pdf>. Acesso em: 16 mai. 2019.

__________. Decreto nº 204 de 27 de novembro de 2015. Aprova o loteamento denominado “Loteamento Misto Leste-Oeste VTO”, e dá outras providências. Cariacica/ES. 2015b. Disponível em: <http://www.cariacica.es.gov.br/wp-content/uploads//2015/11/DIARIO-OFICIAL-MUNICIPAL-30-11-2015assinado.pdf>. Acesso em: 16 mai. 2019.

__________. Cariacica recebe seu primeiro loteamento de uso misto. 2016. Disponível em <http://www.cariacica.es.gov.br/cariacica-recebe-seu-primeiro-loteamento-de-carater-misto/>. Acesso em 15 abr. 2019.

__________. Plano Diretor Municipal. Cariacica: PMC. 2007.

CAMPOS, Martha Machado. Vazios operativos da cidade: Territórios interurbanos na Grande Vitória (ES). Tese de doutorado. Programa de Estudos Pós-graduados em Comunicação e Semiótica – PUC/SP. São Paulo, 2004.

CAMPOS, Martha Machado; FIM, Minieli. Vitória Metropolitana - ES: a interiorização da atividade portuária. In: XVI ENANPUR - Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional, 2015, Belo Horizonte. XVI ENANPUR: Desenvolvimento, Planejamento & Insurgências, 2015.

CONSELHO METROPOLITANO DE DESENVOLVIMENTO DA GRANDE VITÓRIA; INSTITUTO JONES DOS SANTOS NEVES. Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana da Grande Vitória (PDUI): Diagnóstico Integrado (versão preliminar). 2017. Disponível em: <https://planometropolitano.es.gov.br/Media/comdevit/Relat%C3%B3rios/DIAGNOSTICO%20INTEGRADO_%20PRELIMINAR_PDUI%20RMGV.pdf>. Acesso em: 8 jun. 2019.

CRUZ, Patrícia Stelzer da. Territórios da mobilidade urbana na metrópole portuária da Grande Vitória (ES): escalas, velocidades e conflitos. 158 f. 2010. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo. UFES, Vitória. 2010.

ESPÍRITO SANTO. Espírito Santo 2030. Plano de Desenvolvimento. Vitória/ES, 2013.

FERREIRA, Giovanilton André Carretta. A lei no plano e o plano na lei: convergências, divergências e silêncios na constituição do território corporativo capixaba. 561 f. 2016. Tese de doutorado. Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo. UFF, Niterói/ RJ. 2016.

FERREIRA, Francismar Cunha; ZANOTELLI, Cláudio Luiz. A Morfologia e o Papel dos Vazios Urbanos na Região Metropolitana de Vitória-ES. Geografia (Londrina), v. 26, n. 2, p. 39-57. 2017. Disponível em: < http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/geografia/article/view/27307>. Acesso em: 03 mai. 2019.

FIM, Minieli. Atividade portuária e processos territoriais: uma abordagem urbanística – Grande Vitória (ES). 286 f. 2015. Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo. UFES, Vitória/ES. 2015. Disponível em: < http://portais4.ufes.br/posgrad/teses/tese_8727_MINIELI%20FIM.pdf>. Acesso em 30 mar. 2019.

HARVEY, David. A Produção Capitalista do Espaço. São Paulo: Annablume, 2005.

INSTITUTO JONES DOS SANTOS NEVES. Plano de desenvolvimento urbano integrado. Região Metropolitana da Grande Vitória. Diagnóstico integrado, v.2. Vitória, ES, 2018.

JORNAL A GAZETA. Rodovia Leste-Oeste já atrai empresas do setor de logística. 2010. Disponível em: <http://www.ijsn.es.gov.br/ConteudoDigital/20160722_aj14813_lesteoestees477.pdf>. Acesso em: 8 jun. 2019.

MARTINS, Marcelo Lema Del Rio. Os bairros Rio Marinho dos municípios de Vila Velha e de Cariacica e a Rodovia Leste-Oeste no contexto da Região Metropolitana da Grande Vitória – Espírito Santo. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Geografia. UFES, Vitória/ES. 2017.

PASSOS, R. S. E. Modelos de Gerenciamento para o Desenvolvimento Planejado das Cidades: o Caso da Cidade de Vitória. Sapientia, v. 4, p. 64-73, 2005.

RAINHA, Jamila. Articulação de interesses entre setor privado e poder público: o Movimento Empresarial Espírito Santo em Ação e o governo do estado do Espírito Santo. 2012. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais, Universidade Federal do Espírito Santo, 2012.

RIBEIRO, L. C. (org.). A serventia da casa: a Alfândega do Porto de Vitória e os rumos do Espírito Santo. Vitória: Sindiex, 2008.

SANTOS, Milton. Da Totalidade ao Lugar. São Paulo: EDUSP. 2005.

SASSEN, Saskia. Cidades na Economia Mundial. São Paulo: Studio Nobel. 1998.

SIQUEIRA, Maria da Penha Smarzaro. O Desenvolvimento do Porto de Vitória (1870-1940). Dissertação de Mestrado. Curso de Pós-Graduação em História. UFSC, Florianópolis. 1980.

_______________________________. O Porto de Vitória. Expansão e Modernização: 1950-1993. Vitória: CODESA, 1994.

SORTE, Natalia Spala. Infraestrutura portuária, memória e vida urbana: o Porto de Vitória (Brasil). 159 p. 2016. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo. UFES, Vitória. 2016.

VTO POLOS EMPRESARIAIS. A empresa. Disponível em: <http://www.polosvto.com.br/pt-br/sobre/>. Acesso em: 30 abr. 2019.

Publicado
2019-11-26
Seção
GT-1: Reestruturação urbana e econômica na produção do espaço: agentes e process