ENTRE A POLÍTICA E O PROGRAMA: um estudo longitudinal da provisão de habitação social no estado do Paraná

  • Paulo Nascimento Neto Programa de Pós-graduação em Gestão Urbana (PPGTU) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR)
  • Janaína Nichele
  • Isabele Ormeneze Janoski

Resumo

A inflexão ultraliberal e conservadora em curso implica no enfraquecimento de categorias caras ao histórico processo de luta pela reforma urbana no Brasil. Este panorama, ainda que aplicável a todas as políticas setoriais, tem particular aderência na política habitacional, objeto de intensa ação pública nas duas últimas décadas, com destaque para sua efetivação por meio do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV). Ao voltar-se ao fortalecimento do mercado imobiliário e à oferta de crédito, verifica um reposicionamento do papel do Estado e do mercado, convertendo o direito à moradia em mera possibilidade individual de acesso ao crédito. É este o lócus de atenção do artigo, tendo por objetivo uma análise longitudinal (2009 – 2019) do PMCMV, discutindo sua efetiva capacidade de atendimento ao déficit habitacional a partir de um estudo de caso empreendido no estado do Paraná.A inflexão ultraliberal e conservadora em curso implica no enfraquecimento de categorias caras ao histórico processo de luta pela reforma urbana no Brasil. Este panorama, ainda que aplicável a todas as políticas setoriais, tem particular aderência na política habitacional, objeto de intensa ação pública nas duas últimas décadas, com destaque para sua efetivação por meio do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV). Ao voltar-se ao fortalecimento do mercado imobiliário e à oferta de crédito, verifica um reposicionamento do papel do Estado e do mercado, convertendo o direito à moradia em mera possibilidade individual de acesso ao crédito. É este o lócus de atenção do artigo, tendo por objetivo uma análise longitudinal (2009 – 2019) do PMCMV, discutindo sua efetiva capacidade de atendimento ao déficit habitacional a partir de um estudo de caso empreendido no estado do Paraná.

Referências

AALBERS, M. B. The Variegated Financialization of Housing. International Journal of Urban and Regional Research, 41, 2017, p. 542-554.

BONDUKI, N. Planos locais de habitação: das origens aos dilemas atuais nas Regiões Metropolitanas. In: DENALDI, R. Planejamento habitacional – Notas sobre a precariedade e terra nos planos locais de habitação. São Paulo: Annablume, 2013.

BONDUKI, N. Política habitacional e inclusão social no Brasil: revisão histórica e novas perspectivas no governo Lula. Revista eletrônica de Arquitetura e Urbanismo, São Paulo, n. 1, 2008, p. 70–104.

BRANDÃO, C. Busca da utopia do Planejamento Regional. Revista Paranaense De Desenvolvimento, Curitiba, n.120, p.17-37, jan./jun. 2011.

BRASIL. Lei nº 10.257 de 10 de Julho de 2001 - estabelece diretrizes gerais da política urbana. Brasília: Diário Oficial da União, 2001.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Regional. Desempenho do Programa Minha Casa Minha Vida e a proposta conceitual dos novos programas de habitação. Audiência Pública na Comissão de Desenvolvimento Urbano, Brasília, 4 de Junho de 2019.

CARDOSO, A. L. O programa Minha Casa Minha Vida e seus efeitos territoriais. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2013.

CARDOSO, A. L. Palestra proferida durante a mesa redonda Acesso à moradia e direito à cidade: pensando alternativas, no XVIII ENANPUR, Natal - RN, 27 de maio de 2019.

CARDOSO, A. L.; ARAGÃO, T. A. Do fim do BNH ao Programa Minha Casa Minha Vida: 25 anos da política habitacional no Brasil. In: CARDOSO, A. L. (Org.). O Programa Minha Casa Minha Vida e seus efeitos territoriais. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2013.

CARDOSO, A. L.; ARAGÃO, T. A.; JAENISCH, S. M. Vinte e dois anos de política habitacional no Brasil: da euforia à crise. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2017.

DENALDI, R.; KLINK, J.; SOUZA, C. Habitação, inclusão social e governança urbana colaborativa. In: CASTRO, E.; WOJCIECHOWSKI, M. J. (Orgs.). Inclusão, colaboração e governança urbana: perspectivas brasileiras. Rio de Janeiro: Observatório das metrópoles, 2010

FERREIRA, J. S. W. (coord.). Produzir casas ou construir cidades? Desafios para um novo Brasil urbano. São Paulo: LABHAB, 2012.

FORRESTER, V. O horror econômico. São Paulo: UNESP, 1997.

FORRESTER, V. Uma estranha ditadura. São Paulo: UNESP, 2001.

GOMIDE, A.; PIRES, R. (Eds.) Capacidades estatais e democracia: arranjos institucionais de políticas públicas. Brasília: Ipea, 2014.

MARICATO, E. O impasse da política urbana no Brasil. Petrópolis: Ed. Vozes, 2014.

MARQUES, E. (org,). As políticas do urbano em São Paulo. São Paulo: UNESP, 2018.

NASCIMENTO NETO, P. Políticas de habitação em espaços metropolitanos: contingência de ações e negligência de necessidades. Congresso Observatório das Metrópoles 20 anos: as metrópoles e o direito à cidade: dilemas, desafios e esperanças. Anais... Rio de Janeiro: IPPUR, 2019, p. 3060-3072.

NASCIMENTO NETO, P.; MOREIRA, T. A. Metropolitan Dimension of Housing Policy. Mercator, v. 16, 2017, p. 1-13.

NASCIMENTO NETO, P.; MOREIRA, T; SCHUSSEL, Z. Conceitos divergentes para políticas convergentes: descompassos entre a Política Nacional de Habitação e o Programa Minha Casa, Minha Vida. Revista Brasileira Estudos Urbanos e Regionais, v. 14, n. 1, p. 85-98, maio 2012.

PAULANI, L. M. Acumulação e rentismo: resgatando a teoria da renda de Marx para pensar o capitalismo contemporâneo. Revista de Economia Política, vol. 36, nº 3 (144), pp. 514-535, julho-setembro/2016.

ROLNIK, R. Guerra dos lugares: a colonização da terra e da moradia na era das finanças. São Paulo: Boitempo, 2015.

ROYER, L. de O. Financeirização da política habitacional: Limites e perspectivas. São Paulo: AnnaBlume, 2014..

SHIMBO, L. Z. A forma de produção da habitação social de mercado no Brasil. In: CARDOSO, A. L.; ARAGÃO, T. A.; JAENISCH, S. M. Vinte e dois anos de política habitacional no Brasil: da euforia à crise. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2017.

SHIMBO, L. Z. Habitação Social, Habitação de Mercado: a confluência entre Estado, empresas construtoras e capital financeiro. Belo Horizonte: Editora C/Arte, 2012.

STAKE, R Case Studies. In: DENZIN, N.; LINCOLN, T. Handbook of qualitative research. London: Sage, 2005.

WERNER, J.; WEGRICH, K. Theories of the Policy Cycle. In: FISCHER, F.; MILLER, F. J.; SIDNEY, M. S. Handbook of Public Policy Analysis. London: CRC, 2007.

YIN, R. K. Case Study Research. Londres: Bookman, 2005.

Publicado
2019-12-07
Seção
GT-12: Estado, grandes projetos e planejamento corporativo