A CONTEMPORÂNEA PRODUÇÃO DE UMA CIDADE HISTÓRICA: UM DEBATE SOBRE A GESTÃO CULTURAL, A PATRIMONIALIZAÇÃO E A FESTIVALIZAÇÃO

  • Jefferson de Oliveira Vinco Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Resumo

Esta pesquisa visa elucidar e discutir questões que envolvam as atuais estratégias de gestão e produção de uma cidade histórica. Buscamos assim compreender como a gestão cultural da cidade é fundamental para construir uma atmosfera conectada ao turismo cultural a partir da realização de inúmeros festivais. A festivalização somada a patrimonialização são processos inerentes a diversas cidades históricas no mundo, inseridas na rede concorrencial das cidades tais espaços precisam apresentar singularidades, marcos de distinção que as tornem mercadorias de interesse para um nicho seleto de consumidores do espaço urbano. Como consequência da ascensão desses processos em cidades históricas, vemos a formação de uma cidade mercadoria-cultural que esfacela a memória coletiva, cria espaços fictícios de história, além de revelar como a cultura se tornou um instrumento para gerar raridades e rendas de monopólio.
Publicado
2019-12-07
Seção
GT-11: Os lazeres na (re)produção do urbano