A CIDADE NO ENSINO DE GEOGRAFIA: UMA PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O ENSINO MÉDIO

  • Luiz Antônio Pereira Centro Universitário Serra dos Órgãos - UNIFESO Governo do Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Petrópolis

Resumo

A disciplina escolar Geografia deve contribuir para o desenvolvimento do pensamento e do raciocínio geográfico dos educandos para que sejam capazes de realizar a leitura do/no cotidiano e do/no mundo, o que é imprescindível para o exercício da cidadania. A cidade é uma referência básica para a vida cotidiana da maior parcela da sociedade brasileira. Historicamente, no país, o ensino de geografia tem como principal material didático o livro didático. O presente trabalho propõe uma metodologia para problematizar à cidade para além do livro didático no ensino médio. A proposta pedagógica introduz procedimentos de pesquisa e torna os estudantes construtores do próprio conhecimento, cabendo ao professor a tarefa de mediar o processo de aprendizagem. Ao término, os estudantes compreendem a lógica de produção e reprodução no/do espaço na cidade e a importância do exercício da cidadania para transformar a perversa realidade existente.   

Referências

ALMEIDA. Rosângela. A propósito da questão teórico-metodológica sobre o ensino de Geografia. Revista Terra Livre n° 8. São Paulo: AGB/Marco Zero; 1991.

CASTELLAR, Sônia; VILHENA, Jerusa. Ensino de geografia. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

CAVALCANTI, Lana. A geografia escolar e a cidade: ensaios sobre o ensino da geografia para a vida cotidiana. Campinas-SP: Papirus, 2008.

FREIRE, Paulo. A Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Currículo Mínimo Geografia. Rio de Janeiro, 2012.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). IBGE Cidades. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/ - Acesso em: 15/06/2019.

MOREIRA, Ruy. O discurso do avesso: para a crítica da geografia que se ensina. São Paulo: Contexto, 2014.

OLIVEIRA, Ariovaldo. Educação e ensino de geografia na realidade brasileira. In: Oliveira, Ariovaldo (org). Para onde vai o ensino da geografia? 10a ed. – São Paulo: Contexto, 2012.

PEREIRA, Luiz Antônio. Eventos naturais extremos e a falta de planejamento urbano: potencializando perdas de vidas e econômicas. Anais do 14° Encuentro de Geógrafos de América Latina. Perú, 2013.

Publicado
2019-12-08
Seção
GT-17: Geografia e Apropriação Urbana: Ensino de Cidade e das Comunidades Tradicionais