APROXIMAÇÕES POÉTICAS PARA UMA GEOGRAFIA CRÍTICA DO URBANO

Resumo

Este trabalho propõe aproximações entre a Geografia e as Artes, com as quais contextualizar formas críticas que abordem o urbano por meio de recursos poéticos que informem aos processos teóricos, para assim, gerar espaços de discussão e debate sobre o cotidiano e a produção espacial. No percurso realizado se expõe a necessidade de introduzir o ciberespaço para relacionar, por uma parte, a alteração da concepção espacial de cidade aos aspectos tecnológicos envolvidos no urbanismo, e por outra, para identificar formas de operação poética que se elaboram críticas à dita concepção.

Biografia do Autor

José Dario Vargas Parra, Pós-doutorando em Geografia Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Universidade de São Paulo

Pós-doutorando em Geografia Urbana (FFLCH-USP), Doutor em Artes Visuais na ECA-USP (2013-2017) com bolsa da CAPES, e Mestrado na mesma universidade com bolsa da FAPESP; participa do grupo Realidades sob coordenação da Profa. Dra. Silvia Laurentiz (ECA-USP) e do grupo Geografia urbana: a vida cotidiana e o urbano sob coordenação da Profa. Dra. Amelia Luisa Damiani (FFLCH-USP). Participou em diversos eventos de apresentação de pesquisa e artes como Softboarders, Encontros dos Grupos de Pesquisa Realidades Mistas, Festival Internacional de la Imagen, ISEA e ALAIC, entre outros. Possui graduação em Design Gráfico pela Universidad Nacional de Colombia (2000). Sua pesquisa atual aborda as relações existentes entre os modos de operação poética que usam recursos teórico-práticos da geografia urbana e os aportes com os quais estes usos poéticos retroalimentam a geografia, em particular, no que
tange aos estudos sobre cidade e produção de espaço.

Referências

BENAYOUD, Maurice. World Emotional Mapping (e-maps). Online. 2005. Disponível em <http://benayoun.com/moben/2005/01/11/world-emotional-mapping-e-maps/>. Acessado em 18/06/2019

BENJAMIN, Walter. Calle de mano única. Buenos Aires: EI Cuenca de Plata, 2014.

CARERI, Francesco. Walkscapes: El andar como práctica estética. Barcelona: Editorial Gustavo Gili, SL, 2002.

DEBORD, Guy. A sociedade do espetáculo – Comentários sobre a sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

FOSTER, Hal. El retorno de lo real. La vanguardia a finales de siglo. Tradução: Alfredo Brotons Muñoz. Madrid: Ediciones Akal. 2001.

GALLOWAY, Alexander R.; THACKER. Eugene. The exploit: a theory of networks. Minneapolis: University of Minnesota Press. 2007.

HARVEY, David. Condição pós-moderna: Uma Pesquisa sobre as Origens da Mudança Cultural. Tradução de Adail Ubirajara Sobral e Maria Stela Goncalves. São Paulo : Edições Loyola. 2008.

INTERNATIONALE SITUATIONNISTE - IS, 1958-1969. Paris: Librairie A. Fayard, 1997.

KRAUSS, Rosalind. La originalidad de la vanguardia y otros mitos modernos. Madrid: Editorial Alianza. 1996.

LEMOS, A. Cibercultura como território recombinante. In: Evento Territórios recombinantes. Salvador: Instituto Goethe, agosto de 2006. p. 38-46. Disponível em <https://edumidiascomunidadesurda.files.wordpress.com/2016/05/andrc3a9-lemos-cibercultura-como-territc3b3rio-recombinante.pdf> Acessado em 18/06/2019.

LEFEBVRE, Henry. Critique of Everyday Life. Volume II. Foundations for a Sociology of the Everyday. Tradução por John Moore. Londres: Verso. 2002.

LEFEBVRE, Henri. O direito à cidade. Trad. Rubens Eduardo Frias. São Paulo: Ed. Centauro. 2008.

NUNES, Mark. Cyberspaces of everyday life. Minneapolis: University of Minnesota Press. 2006.

RECLAIM THE STREET. Anônimo. Shepherd's Bush : Film London/London’s Screen Archives. 1996. 8 min. Mudo. Colorido. Disponível em <https://player.bfi.org.uk/free/film/watch-m41-motorway-reclaim-the-streets-1996-online> Acessado em 21/06/19.

RECLAIM THE STREETS: THE FILM. Produzido por Austin G. de Quijano. 1998. 80 min, Colorido. Disponível em <http://www.tacticalmediafiles.net/videos/4484/Reclaim-the-Streets_-The-Film> Acessado em 23/10/19

ROESKENS, Till. Videomappings: Aida, Palestine. Video. Aida-Palestina: Al-Rowwad Cultural and Theatre Trainig Center. 49 min. P&b. 2009. Disponivel em < https://vimeo.com/64089801> Acessado em 22/06/19.

VIRILIO, Paul. O espaço crítico e as perspectivas do tempo real. Tradução de Paulo Roberto Pires. São Paulo : Editora 34. 2014.

Publicado
2019-12-06
Seção
GT-9: A produção do urbano: abordagens e métodos de análise